CCFilmes CCgames

5 melhores quotes de mulheres fodas - Parte 2

14.5.13Conversa Cult


Agora a coisa ficou séria! Na primeira parte nós falamos das duas 3 primeiras personagens fodas com seus quotes fodas. Mas agora vamos falar das duas mais fodas. Você pode não acreditar de primeira - até eu me surpreendi - até se dar conta da força do quote. 

O mais legal que eu descobri fazendo esse post é que essas coisas que as personagens dizem não são só uma frase de impacto aleatória, elas estão intrinsecamente ligadas ao momento, são o tapa na cara de transformação da personagem e síntese da história. Agora vamos conferir. \o/

Homenageada do dia: Hit-Girl, a personagem dos quadrinhos e filme Kick-Ass que conquistou o coração de todo mundo sendo simplesmente foda. Sinta só essa capa com o título "The little bitch is back."

2- Eu atirei na perna dele? - digo. - Não. Ela vai caminhar. Para onde nós vamos?


Quando é citado...
Na sequência de ação final do livro, Tris está com seu pai e seu irmão (Caleb), que não são da mesma facção que ela (ou seja, vivem de acordo com outros valores), até que eles topam com um sentinela e Tris rende o adversário com um tiro. Para o horror da família, ela ainda quer que ele levante para guiá-los e é aí que Caleb dispara: "Você quer que ele ande? Está maluca?" e Tris do modo mais cínico possível encerra o assunto com uma resposta que doeria menos se fosse um tapa na cara: "Eu atirei na perna dele? Não. Então ele anda. Para onde nós vamos?"


-Você quer que ele caminhe? - Caleb pergunta. - Você está louca?
- Eu atirei na perna dele? - digo. - Não. Ela vai caminhar. Para onde nós vamos?
*versão em inglês no fim do post

E nesse momento a Tris é foda porque...
Antes de tudo: o modo como esse trecho é escrito. Veronica Roth fez mágica com as palavras ali e é por isso que eu gosto da versão em inglês desse. Eu consigo ouvir o desespero soando na voz do Caleb na palavra "insane" e o corte que ela dá nele é quase um "Foda-se. Pra onde nós vamos?" E ainda assim é quase, porque a Veronica conseguiu fazer um foda-se com as palavras da personagem, dá para sentir a sensibilidade da Tris ali atrás. 

Nesse momento a Tris é Inteligente, é Corajosa e é Altruísta. Ela tenta racionalizar o que está acontecendo, dando base à sua reação audaciosa que só foi possível por causa de sua abnegação.

Desculpa, vou sair daqui. Vou deixar vocês com a genialidade da Veronica Roth.


Tá, voltei porque a explicação não acaba aí. O quote não ganhou o segundo lugar só porque a Tris é a única fodona da lista que tem tatuagem (nesse momento, finge que eu não coloquei a Lisbeth). Esse trecho ganhou o segundo lugar porque ele marca o ápice da história.

Quê?

Divergente, o primeiro livro, é sobre a transformação da personagem. Começa Beatrice, a menina de abnegação sem personalidade que faz tudo para os outros, passando pela Stiff dauntless (Careta da Audácia) que aprende a não abaixar a cabeça e não tem medo de cair na porrada com um cara mais forte e terminando em Tris, a garota divergente que pode racionalizar seus outros dois lados (repare que no livro temos as fases abnegação, audácia e divergente/erudição).
*em inglês é abnegation, dauntless e erudite, corrijam-me se em português não for isso.

Então perto do final quando ela diz esse trecho, é o momento que você vê a transformação. Arrisco a ir mais longe: é quando você vê que ela não é uma personagem perfeitinha cheia de moral e consciência. Você vê que ela é Tris. É o momento que a personagem se torna forte, não só mais um exemplo de sua força. 

E, cá entre nós, a Tris é foda.


Ainda tem dúvidas? 

Pouco antes dela atirar no sentinela eles têm um diálogo, que apesar de não ser tão poderoso quanto o escolhido aqui, esse trecho também é carregado de inflexão e é mais forte ainda quando se trata de "quem é essa personagem?"



- As pessoas costumam superestimar meu caráter - digo baixinho. - Elas pensam que só porque eu sou pequena, ou uma garota ou uma Careta, eu não consigo ser cruel. Mas elas estão erradas.
(...) [Atira e blablabla]
- Agora que você já percebeu o seu erro.
*versão em inglês no fim do post

E é assim, minha gente, que nós conhecemos a história de como um personagem se torna símbolo de foda. Não, pera... Ainda temos mais uma. E agora é melhor você ir se esconder embaixo da cama, porque ela está vindo.

1- Isso aí! Fujam, seus malditos! Vou pegar todos vocês! - Lara Croft


Talvez você conheça o nome "Lara Croft", mas você precisa conhecer ESSA Lara Croft.

Quando é citado...
Lara derruba uma porta (porque não pode ser pouco foda) e se dá conta de que um monte de homens armados estão fugindo. Que eles estão com medo dela. Uma garotinha recém-formada em sua primeira  aventura para filmar um documentário de arqueologia, mas que acabou presa numa ilha depois de um naufrágio*. E é nesse momento que ela percebe o poder que tem em mãos. Então ela grita: É ISSO AÍ, CORRAM SEUS DESGRAÇADOS. EU VOU ATRÁS DE TODOS VOCÊS.
E nesse momento a Lara é foda porque...
Se o livro Divergente é sobre a transformação da Tris no que ela é, Tomb Raider (o novo jogo) é sobre COMO Lara Croft se transformou em um dos primeiros sinônimos de "mulher" e "foda" no mundo inteiro.

Você já ouviu falar em Tomb Raider/Lara Croft, certo? Já virou filme até com a Angelina Jolie. Mas a Lara nem sempre foi foda...

No novo Tomb Raider eles desconstruíram a personagem e através de uma narrativa inteligente integrada ao jogo conseguiram mostrar a transformação dela. Você começa como uma garota frágil perdida numa ilha e ao poucos vai ganhando força, recursos e conseguindo se virar sozinha. O slogan do jogo é "A Survivor Is Born" (Uma Sobrevivente Nasceu) e é sobre como ela virou a Tomb Raider.

Esse quote não só simboliza uma personagem foda ou remarca que uma personagem se tornou foda, é o momento exato de realização de "eu posso fazer isso, EU sou foda." Tanto você quanto a personagem percebem isso ao mesmo tempo. É foda.

"Entendi como ela é a personagem foda e, wow, ela é uma personagem foda!"

A a atriz que faz a Lara Croft não poderia ter sido melhor, a voz dela e o jeito que ela fala isso é perfeito. Tire 10 segundos para ver:


Eu adoro repetir "Thats right, run you bastards! I'm coming for you all!!!" e eu poderia ficar horas descrevendo e analisando o jogo para mostrar o poder desse quote...

Então, a versão curta, a Lara pega o primeiro lugar porque:

1- Esse quote é tão foda que deu origem ao post;

2- Esse é o mais foda porque não é só o momento que VOCÊ percebe que a personagem se tornou extremamente forte - é o momento que ela se dá conta disso em um jogo sobre isso;

3- E, como nenhum outro dessa lista, esse é um quote grito de guerra perfeito para pessoas fodas: É, EU SOU FODA. CORRAM SEUS FILHOS DA-

Acho que isso já tá foda o bastante, não preciso dizer mais nada. Até mais.
-dana martins



>>>Versões em inglês dos quotes de Divergente

“You want him to walk?” Caleb demands. 
“Are you insane?” “Did I shoot him in the leg?” I say. “No. He walks. Where do we go, Peter?"


"People tend to overestimate my character," I say quietly. "They think that because I'm small, or a girl, or a Stiff, I can't possibly be cruel. But they're wrong."
(...) [Atira e blablabla]
"Now that you realize your mistake."

TAGS: , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

  1. Nossa, voltei no tempo agora!! Claro que já conhecia a Lara Croft, mas a "antiga", dos filmes e jogos "antigos". Já tinha ouvido da "fodasticidade" dessa nova Lara, mas não conferi com meus próprios olhos. Aliás, há eras não jogo videogame e acho que levo mais jeito para a coisa hehe. Mas recordar é viver, então foi bom lembrar a Lara antiga e conhecer mais dessa nova (e foda, ao que tudo indica). =P

    Bj, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Dana, adorei seu post. É muito legal! Gostaria de sugerir alguém de minha época: a subtenente Ripley, de Alien, o 8º Passageiro. Em todos os filmes ela é foda, porque é Sigourney Weaver, e Ripley é FODA! Refiro-me mais precisamente ao personagem do segundo filme: Alien, o Resgate. Nesse filme de 1986, a subtenente acorda depois de mais de cinquenta anos da tragédia inicial que levou toda sua tripulação. Os humanos imbecis resolveram fazer uma colônia exatamente onde tudo ocorreu, décadas antes. E Ripley tem que defender uma menininha que se afeiçoou a ela como uma filha e salvar 70 famílias ainda vivas. Quem é o inimigo? Simplesmente um alien que também quer defender sua prole. Quem deve vencer? São duas mães lutando pela vida de seus bebês, vejam bem. O que uma mãe não faria por isso? Uma mistura de senhora Weasley e Tris. Ah, e tem a cena em que Ripley encara o bicho fodão e não abaixa a cabeça, não porque se acha foda, ou porque é suficientemente corajosa, não Ripley está mijando nas calças, mas supera isso. A situação exige; ali não é uma pessoa contra outra, nem é uma pessoa contra um animal muito mais forte e inteligente, é um ser humano que defende sua raça contra outra. Bem... faz muito tempo. Não lembro de quotes do filmem mas existem... hehehe. Beijos!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *