a culpa é das estrelas CCLivros

#TeoremaJohnGreen: A culpa, meu caro Brutus, ainda é do John Green

28.3.13Paulo V.



O especial é em comemoração ao lançamento de “O Teorema Katherine”, mas não tem como falar de John Green sem tocar em “A Culpa é das Estrelas”. Esse foi o quarto livro que o John escreveu, mas o que mais fez sucesso e recebeu destaque. Hoje, o quarto dia do #TeoremaJohnGreen, é em homenagem a ele.

E já que esse é o tema do dia, nada melhor do que relembrar os posts da Semana John Green que aconteceu em julho do ano passado, intitulada “A Culpa é do John Green”. Nele, foram abordados diversos assuntos, como as origens de "A Culpa é das Estrelas", a adaptação cinematográfica, os Vlogbrothers, a Nerdfighteria e os outros livros do John. Ficou interessado? Continue o post para saber o que teve.

Dia 1) Apresentação


No primeiro dia, tivemos uma apresentação básica. A ideia para fazer o especial surgiu dentro da própria Nerdfighteria brasileira, quando descobrimos quando “The Fault in Our Stars” ia ser lançado aqui. Queríamos fazer do lançamento do livro algo especial, então, com apoio da Intrínseca, planejamos uma mega ação nos blogs.

Os blogs principais foram o CC, o Nem Um Pouco Épico, o Literalmente Falando e o Amount of Words. E também tiveram blogs de suporte, como o The Review Kingdom. Nós tivemos um grande apoio de todos os membros da Nerdfighteria brasileira e também da editora.

Dia 2) As origens de “A Culpa é das Estrelas”


No segundo dia, abordamos vários elementos relacionados à origem do livro. Aqui no CC, falamos sobre a relação do John com as crianças com câncer. Para quem não sabe, ele trabalhou durante um período num hospital, onde teve contato com crianças que tinham câncer.

Lá ele percebeu que essas crianças não eram como a visão romantizada de crianças com câncer que sempre aparecem em livros e filmes. Como todo escritor que sempre teve vontade de ler um livro sobre determinado assunto mas nunca encontrou algo assim, o John resolveu escrever sobre aquilo. Passaram alguns anos, o romance foi meio que deixado de lado, depois voltou e até chegou a ser anunciado como “The Sequel”, mas também não deu em nada.

Tudo mudou quando Esther Earl, uma nerdfighter que tinha câncer, apareceu na vida do autor. Ela faleceu em 2010 e, depois disso, o John voltou a trabalhar no livro, até que chegou ao que temos hoje.

Quem se interessou pela história da Esther Earl, esse foi o tópico do post do Amount of Words. No Literalmente Falando, teve uma introdução à Nerdfighteria para quem não sabe nada sobre o assunto. E você já parou para pensar sobre o título do livro? Tem uma explicação num post do NUPE.
  
Dia 3) O livro



O Literalmente Falando completou o dia com uma entrevista com a Danielle Machado, editora de livros juvenis da Intrínseca, que respondeu a algumas perguntinhas relacionadas ao livro.

Dia 4) Curiosidades


Nesse dia, o tema eram coisas relacionadas ao livro. Os nerdfighters são os fãs mais legais do mundo e, além disso, também são talentosos. O tópico do CC foram as músicas que os fãs escreveram e colocaram na internet em homenagem a ACeDE. Foi super difícil, mas escolhi cinco músicas feitas por fãs que eu adorei. Até hoje eu me emociono com “It happens slowly”. Se eu fosse você, ia lá escutar.

ACeDE tem um detalhe interessante, os itens fictícios. Os personagens do livro são muito bem construídos e reais, tanto que eles até são fãs como a gente. A Hazel, protagonista do livro, tem “Uma Aflição Imperial” como seu livro favorito. Já o Augustus adora “O Preço do Alvorecer”, que é uma franquia de videogames que também foi adaptada para as páginas - e é fã da banda The Hectic Glow. Mas não se anime para conhecer os livros e a banda, porque... eles são fictícios. Pois é. Os objetos que permeiamo livro foram o tema do post do Literalmente Falando.

E o Nem Um Pouco Épico completou o dia falando sobre o filme baseado em “A Culpa é das Estrelas”. Naquela época, a gente não tinha nada confirmado, só que o filme tinha sido comprado pela Fox 2000 e que o roteiro seria dos mesmos que escreveram “(500) Dias com Ela”. Alguns meses se passaram e temos novidades! O diretor do filme será Josh Boone, cujo primeiro filme, “Stuck in Love”, ainda não foi lançado. E a Hazel será vivida pela Shailene Woodley, que está em praticamente todos os filmes jovens. O curioso é que a Shailene era a Hazel do dreamcast do NUPE! Por enquanto é o que temos, mas é possível que nas próximas semanas saia mais alguma informação. O que nos resta é esperar e ver no que vai dar.

Dia 5) John Green


O tema do quinto dia do especial foi o John. O dia começou com um post com a história do autor, no Nem Um Pouco Épico. Depois, teve um post sobre os Vlogbrothers, canal que o Johnsustenta com seu irmão, Hank Green, no Literalmente Falando.

Aqui no CC, o tema foram os outros livros do John. Para quem não sabe, ele tem quatro livros solo: “Quem é você, Alasca?”, “O Teorema Katherine”, “Paper Towns”* e “A Culpa é das Estrelas”. Além deles, ele tem um conto no livro “Let it Snow” (junto com a Maureen Johnson e a Lauren Myracle) e o livro escrito junto com o David Levithan, “Will Grayson, Will Grayson”. Aliás, recentemente a Galera Record informou que vai estar lançando o livro em maio, com o título “Will & Will”. Por fim, o Amount of Words completou o dia com a repercussão do autor no mundo literário.
*a previsão de lançamento é segundo semestre, também pela Intrínseca.
  
Dia 6) Nerdfighteria, parte 1


No penúltimo dia do especial, complementamos tudo o que já havíamos falado sobre ser um nerdfighter. O Literalmente Falando começou indicando links úteis para você saber tudo sobre a Nerdfighteria, como os canais no YouTube, as contas no Tumblr e a DFTBA Records. No CC, o tema foram os bilhetinhos, também conhecidos como “nerdfighters notes”, que os fãs costumam deixar nos livros do John Green. Assim, quando uma pessoa que não sabe de nada e compra um livro do John, ela tem a oportunidade de conhecer a comunidade e se tornar uma nerdfighter.

E lembram quando eu falei que os fãs, além de awesome, eram talentosos? Então, além das músicas, alguns também fazem suas próprias versões para as capas dos livros. Para conferir algumas, passe no NUPE.

Dia 7) Nerdfighteria, parte 2

O último dia começou com um post nosso explicando como a Nerdfighteria brasileira se reuniu, escrito pela Dayse e pela Bell (do NUPE). É impressionante como tudo começou, bem devagar, passou por alguns “boom”s de membros e hoje passa de 800 membros no grupo no Facebook!

E é claro que a gente não podia passar os sete dias sem dedicar um post ao Hank em algum momento. Ele é tão awesome quanto o John e merecia um post só para ele, vejam como ficou no Amount of Words. O último post do NUPE foi mais leve, um vídeo essencial dosVlogbrothers, legendado.

E o encerramento do especial foi no Literalmente Falando, com um post em homenagem a todos que conheceram o trabalho do John no projeto e participaram do nosso especial.

--

Bom, por hoje é isso. Foi bem legal relembrar o lindo especial #CulpaDoJohnGreen! Mas não se esqueçam de continuar twittando com a hashtag #TeoremaJohnGreen e aproveitar o nosso conteúdo. Tudo o que foi publicado está no nosso tumblr e também no site da Intrínseca


- paulo v. santana

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *