a hora mais escura Academia

Comentando o Oscar 2013: Melhor Filme [pt. 2]

22.2.13Conversa Cult


Olá! Preparados para o quarto post do COMENTANDO O OSCAR com Ana Flickerman e Paulo Templesmith*?
*Comentando o Oscar 1 e Comentando o Oscar 2.

Dessa vez, vamos terminar os comentários sobres os longas indicados à Melhor Filme e dizer para quem estamos torcendo. Na semana passada falamos de "Os Miseráveis", "As Aventuras de Pi", "O Lado Bom da Vida" e "Django Livre", veja aqui. Os filmes de hoje são "Amor", "Argo", "Indomável Sonhadora", "Lincoln" e "A Hora Mais Escura".


>>>Amor

“Amour”
Estreia (BR): 18/01/2013
Roteiro: Michael Haneke
Direção: Michael Haneke
Sinopse [x]

Paulo: Esse foi um filme que eu provavelmente nem conheceria se não fosse pelo Oscar. Acompanho pouco do cinema francês, apesar de gostar bastante. Sendo assim, tenho é que agradecer à Academia por ter me apresentado ao lindo trabalho do Michael Haneke.

Já sabia que “Amor” não era um filme muito colorido, mas, ao assistir, vi como ele é doloroso. O motivo é que esse é um filme MUITO real, e a realidade dói. Não é difícil observar o casal de idosos no filme e transportar a história para alguém próximo de você.

Diante dos outros candidatos, não daria o prêmio de Melhor filme para “Amour”, mas acho que é certo que ele ganha como Melhor filme em língua estrangeira. E as atuações são impecáveis. Se eu não gostasse tanto da Jennifer Lawrence, minha torcida iria inteiramente para a Emmanulle Riva que, desculpem a palavra, é FODA. Não há outra palavra para descrever a atuação dela. O Jean-Louis Trintignant, que faz o marido de Riva, também não fica nada atrás, é uma pena que ele não tenha recebido uma indicação.

Outro aspecto que eu gostaria de destacar é o roteiro do filme, que é impecável e muito bem construído. Se não fosse o incrível Django Livre como concorrente, torceria para o Michael Haneke, que também merece o prêmio de Melhor diretor.


>>>Argo

“Argo”
Estreia (BR): 09/11/2012
Roteiro: Chris Terrio, Tony Mendez, Joshuah Bearman
Direção: Ben Affleck
Sinopse [x]

Ana Luíza: "Argo" é o tipo de filme americano e patriota do tipo: "Eu não saio daqui sem meus amigos AMERICANOS, porque eles SÃO AMERICANOS". Mas, é um tipo muito bom.

A montagem dele foi muito bem construída assim como o personagem Tony Mendez (Ben Affleck).

Acredito que Ben Affleck fez um trabalho muito bom na direção do filme, ele conseguiu fazer o longa não ser chato e sim interessante. Mas, a academia, assim como muita gente, ainda não acredita em seus dotes de diretor e acham que o ator ainda tem que correr muito atrás para ser um bom diretor, com isso, não deu à ele um lugar na categoria "Melhor Diretor".

Paulo: Esse é outro que eu não veria se não fosse o Oscar. Lembro perfeitamente de quando eu vi o trailer do filme no cinema, minha mãe disse que queria assistir e minha resposta foi “zzzzzzzz”. Juro. Ainda bem que ele foi indicado, porque esse é realmente um filme que vale a pena.

“Argo” é tudo o que dizem por aí e um pouco mais. Eu adorei o filme, mesmo não estando a acostumado a assistir a outros filmes nesse estilo. Foi um filme que me prendeu e surpreendeu. Com certeza, um dos meus favoritos a melhor filme e também melhor roteiro adaptado. Confesso que não vi nenhum destaque nas atuações e, pensando nos concorrentes, é improvável que o Alan Arkin ganhe como melhor ator coadjuvante. Confesso que acabei não prestando atenção nas qualidades técnicas do filme, então prefiro nem comentar as indicações nessas categorias.

A maior injustiça de todas foi a não-indicação do Bem Affleck como diretor. O cara fez um trabalho ÓTIMO, não havia porque não ser indicado. E esse não é só a opinião de um leigo, muita gente acha o mesmo e o grande número de vitórias nas premiações dos sindicatos de Hollywood compravam isso.


>>>Indomável Sonhadora

Beasts of the Southern Wild
Estreia (BR): 22/02/2013
Roteiro: Benh Zeitlin, Lucy Alibar
Direção: Benh Zeitlin
Sinopse [x]

Paulo: Eu comecei a assistir ao filme sem saber o que esperar. Eu não tinha lido a sinopse e, por algum motivo, eu achava que era algo de bruxas (?). Surpreendi-me com o filme, mas gostei muito do que vi.

“Indomável Sonhadora” é um filme diferente e eu não saberia saber fazer uma sinopse se me pedissem. Por mais que ele seja um tanto parado, não fiquei cansado ou entediado em nenhum momento, eu fiquei extasiado durante os (cerca de) 90 minutos de duração. Para mim, esse não é um filme para se assistir a qualquer momento nem para relaxar, ele tem que ser assistido para se apaixonar.

Apesar de as quatro indicações que levou serem justas, acho improvável que “Indomável Sonhadora” leve algum dos prêmios. Ele até seria um dos meus favoritos para melhor filme, mas eu não consigo olhar para a lista de indicados e vê-lo como vencedor. A Quvenzhané Wallis é realmente muito boa, ainda mais para uma menina tão jovem e sem nenhuma experiência anterior, mas acho que a indicação foi mais “simbólica”.



>>>Lincoln

“Lincoln”
Estreia (BR): 25/01/2013
Roteiro: Tony KushnerDoris Kearns Goodwin
Direção: Steven Spielberg
Sinopse [x]

Ana Luíza: Steven Spielberg tem o dom de fazer qualquer filme se transformar em recordistas de indicação ao Oscar. Não seria muito diferente de "Lincoln". Com uma fotografia sensacional, uma trilha sonora feita por John Williams e as atuações de Daniel Day-Lewis, Sally Field e Tommy Lee Jones, Spielberg deixa o filme falar por si só.

É um filme tipicamente do Oscar e que sem dúvida vai levar pelo menos a estatueta de "Melhor Ator". Mas tudo ali se encaixa, tudo faz sentido, apesar de ser um filme longo.
Mas, se você gosta de história americana é o tipo de filme para você querido leitor.

Eu apostaria em "Lincoln" como melhor filme, apesar de estar difícil de adivinhar quem vai levar a estatueta de melhor filme.

Paulo: Não há como negar que “Lincoln” é sensacional. Tem um elenco fantástico, um bom roteiro e é mais uma prova da genialidade de Spielberg. Mas... é cansativo, pelo menos para mim. Eu reconheço toda a grandiosidade do longa, mas ele não me encantou completamente, tanto que não chegou a levar nota máxima.

A indicação ao Oscar de melhor filme é o compreensível e justa, mas é como alguém me disse: Lincoln é um filme feito para o Oscar. Isso não tira o mérito do filme, mas me faz olhar com certa desconfiança.

Se eu fosse da Academia, já teria dado o prêmio de melhor ator pro Daniel Day-Lewis.               Achei sua atuação incrível, e foi ela que me fez continuar vendo o filme em alguns momentos. E é doloroso dizer por causa do Christoph Waltz e sua ótima atuação em “Django Livre”, mas o Tommy Lee Jones também é um dos pontos alto de todo o filme. O personagem em si é uma figura fantástica e a atuação de Lee Jones só veio acrescentar.

Quanto a Sally Field, eu tenho minhas dúvidas. Ela é uma boa atriz e teve grandes momentos, mas tem algo nela que me incomoda. Não sei explicar, mas ela atua de forma meio afetada. Pode até ser por causa do personagem, mas não me lembro de ter visto nenhum outro filme com ela para dizer com certeza.

O roteiro em si também é muito bom, gostei de como ele fez com que “Lincoln” não fosse só um filme que conta um episódio da história americana, ele contou personagens. O filme não seria tão bom quanto é se não desse certo destaque para a esposa e os filhos do Lincoln, para o personagem do Tommy Lee Jones e para a vida pessoal do próprio Lincoln.


>>>A Hora Mais Escura

Zero Dark Thirty
Estreia (BR): 15/02/2013
Roteiro: Mark Boal
Direção: Kathryn Bigelow
Sinopse [x]

Ana Luíza:  Convenhamos, Katheryn Bigelow fez um trabalho excepcional em seu primeiro longa, "Guerra ao Terror" e com isso, levou o Oscar de "Melhor Filme" e "Melhor direção" em 2010 onde todo mundo apostava em "Avatar". Bigelow também foi a primeira mulher a ganhar o Oscar de "Melhor Direção".

Em "A Hora Mais Escura" ela continua falando da guerra e das tropas americanas que estão no oriente médio. Mas, nesse novo longa, Bigelow não deixa ninguém respirar. É pura tensão. O que faz o filme ficar interessante.

O longa conta a história da agente Maya que busca onde Osama Bin Laden está escondido. Destaque para Jessica Chastain (Maya) que deixou de ser uma mulher burra (Histórias Cruzadas) e passa para uma mulher forte e com garra que não desiste do que quer. Minha aposta para melhor atriz é ela.

É um filme bastante interessante de se ver e que, na minha visão, teria grandes chances de ganhar o Oscar de melhor filme (e é o que eu quero).


>>>Opinião Final – Quem merece ganhar?

Paulo: Escolher um único filme para apostar é difícil, ainda mais quando são nove indicados. Mas eu fico com... “Argo”. Minha aposta é baseada no grande número de prêmios que o filme tem recebido pelos sindicatos e também porque realmente gostei dele. Contudo, ficaria muito feliz se qualquer um dos candidatos ganhasse, menos “As Aventuras de Pi”, que realmente não me agradou.
*quando pensei sobre os filmes, não considerei “A Hora Mais Escura”, porque ainda não consegui assisti-lo. Desculpem-me! :x

Ana Luíza: Primeiramente, peço perdão por não ter conseguido ver "Indomável Sonhadora" e "Amor" à tempo desse post. Me sinto muito mal por isso. Mas, pelos comentários, minha aposta de filme estrangeiro é em "Amor".

Enfim, todos esses filmes têm características muito diferentes, acho que nunca teve um Oscar onde não havia mais que um favorito. Sinceramente, minha visão cinematográfica daria o Oscar de Melhor Filme para "Lincoln". Mas, meu lado irracional, daria para "Os Miseráveis". Aliáis, eu realmente não tenho noção nem ideia de quem irá ganhar o Oscar esse ano. São palpites muito vagos e tudo pode acontecer.

Para qual filme você está torcendo? Comente! :D

-paulo v. santana e ana luíza

TAGS: , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Difícil apostar em um só filme, ainda mais porque não cheguei a assistir muitos. Mas os que vi achei demais, foram Amor, Os Miseráveis e Django Livre. Gostei demais dos três, mas achei Amor mais especial.

    Bj
    Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei bastante dos indicados deste ano.
    Amor é sensacional. Sou megafã do Haneke e, apesar deste ser bem diferente dos outros filmes do diretor, ele continua imprimindo sua marca. Sem dúvida leva as estatuetas de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Atriz (merecidamente).
    Eu não botava fé em Argo e, pelo trailer, achei que seria um filme chato. Felizmente me surpreendi. A montagem é realmente o trunfo. Muito injusto não terem indicado o Affleck como diretor.
    Gostei de Indomável Sonhadora. Achei a mistura de realidade e fantasia muito bacana. A menina é um prodígio, mas não acho que mereça a indicação de melhor atriz.
    Lincoln tem todos os ingredientes de um grande filme do Oscar: fatos históricos, o protagonista é o presidente mais amado dos EUA, a fotografia é linda, a trilha sonora não quer ser maio que as imagens, enfim... Provavelmente leva a estatueta.
    A Hora Mais Escura é o único que não vi da categoria principal. Não consigo me interessar por filmes de guerra e, sinceramente, acho Guerra ao Terror um dos filmes mais chatos que já vi em toda a minha vida. Um dos ganhadores de Oscar que achei mais injusto. Então, quando vi o nome da diretora e mais um filme de guerra, imediatamente eliminei da minha lista de filmes a serem vistos.

    Para quem estou torcendo: Argo
    Quem leva: Lincoln

    ResponderExcluir
  3. Achei Argo um bom filme, mas num estilo que já vimos muitos. Não acho que mereça ganhar o oscar de melhor filme, ainda mais concorrendo com Les Mis e Lincoln. Vendo os prêmios que está ganhando, acredito que leve o oscar, o que me deixa triste, porque Lincoln é sensacional e Les Mis é espetacular.
    Não curti Amour, assisti bem interessada por conta do tema, mas me decepcionei. Não por se tratar de um filme parado (há tantos assim que eu gosto!), mas por ter sido, na minha opinião, tedioso. Não prendeu a minha atenção. Acho que isso vai de cada um, né, conheço gente que gostou muito e até acha que merece o oscar principal.
    Não vi A Hora Mais Escura nem Indomável Sonhadora. Pretendo ver ainda hoje pelo menos um deles.
    Lincoln, como eu disse, é sensacional. Achei que ficaria entediada por ter muita História, muita política, mas o Spielberg fez um ótimo trabalho e Day-Lewis e Lee Jones dão aula de atuação! Só não torço pelo Lee Jones porque ainda prefiri o trabalho do Waltz. Acho que o filme merece MUITO o oscar de melhor filme (além do de ator e talvez mais alguns), eu gostei DEMAIS. Aquele dizer sobre a bússola não apontar os pântanos ficou martelando na minha cabeça por uma semana, achei brilhante (não sei se Lincoln realmente disse isso, ou se foi pensado para o filme, mas é brilhante da mesma maneira)

    Enfim, torço MUITO por Les Mis, aceito feliz a vitória de Lincoln, mas acho que Argo leva. Tomara que eu esteja errada!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM