bruce willis CCFilmes

[Resenha] Looper: Assassinos do Futuro

7.10.12Dana Martins

por Dana Martins

- "Looper: Assassinos do Futuro"
Looper (2012)
- Direção: Rian Johnson
- Roteiro: Rian Johnson
- Atores: Joseph Gordon-Levitt, Bruce Willis, Emily Blunt...
- Ficção Científica / Ação / Suspense - 16 anos - 118 min. - Trailer
- Nos cinemas brasileiros desde 28 de setembro de 2012








Mini-crítica: 
Looper é um filme de ficção científica mais para quem gosta de pensar do que para quem procura diversão. Não é exatamente como "A Origem" e não há nenhuma grande reflexão que vai alterar a sua alma, mas é um filme sério e direto: coloca a proposta, desenvolve (bem!) e resolve. A história se passa em futuro não tão distante assim: 2044. Os Estados Unidos mostrado parece algo no metade do caminho para "Neuromancer" ou o visto no remake recente "O Vingador do Futuro", com pobreza e criminalidade agravadas. Joe, o protagonista, é um looper. O que é isso? Mais no futuro ainda mafiosos usam máquinas do tempo ilegalmente para fazer inimigos serem assassinados no passado, o looper é quem dá fim nelas. Joe é o looper mais novo e é esperto, segue bem como looper até ter a vida alterada (literalmente: passado, presente, futuro..) quando seu eu mais velho aparece como próxima vítima. Misturando ação, alguma violência de um modo cru, o principal das histórias de viagem no tempo e até um pouco de sobrenatural, o filme é uma boa dica para quem gosta de uma história bem pensada com jeito alternativo. 

Quer saber mais? Clique abaixo para conferir a resenha completa.

Eu assisti "Looper" no sábado depois da estreia e mesmo uma semana depois ainda tenho dificuldade para colocar em palavras direito. De cara, o filme não foi TUDO isso. Quer dizer, com certeza vale a pena assistir e ganharia uma nota alta, mas ainda não era a máxima. No entanto, com o tempo, a minha ideia de nota foi aumentando cada vez mais porque a história continuava na minha cabeça.

Looper se passa no futuro e no futuro do futuro. Já se enrolou? Pode ser que isso aconteça, filmes de viagem do tempo normalmente causam isso. Na fileira atrás de mim tinha uma mulher que conseguiu entender tudo errado. Se bem que ela estava confusa desde o início... "O filme começou?"



Em 2072 conseguem criar uma máquina de viagem no tempo, mas ela logo é proibida. Ainda assim a mafia usa para dar fim a inimigos. É um sistema bem simples: eles pegam a pessoa e mandam para 2044, quando a viagem do tempo ainda não foi inventada. Nesse passado, um assassino contratado (looper) mata a pessoa e dá fim ao corpo. No futuro, eles não podem ser acusados de nada, já que não mataram ninguém; e, no passado, ele também não pode ser acusado porque matou alguém que tecnicamente não existia.

Fácil, rápido e eficiente, não é? E é com esse ritmo que o filme começa, mostrando o looper, Joe (Joseph Gordon-Levitt) fazendo seu trabalho e curtindo a vida. Só que, como nós logo descobrimos, não é uma vida tão boa assim.

O futuro em 2044 é no estilo das ficções científicas distópicas (de acordo com a primeira definição de distopia). A pobreza e a criminalidade tomam conta de tudo, parece sempre haver poeira em todo canto e somos apresentados basicamente a dois tipos sociais: prostitutas e bandidos. Ser looper é até bom na escala social, tirando um detalhe: você tem que fechar o seu looper. E "fechar" o seu looper significa que no futuro vão te encontrar e te enviar de volta para você mesmo matar.

É importante você saber disso porque essa é a base da história e motivação dos personagens (vários deles, de vários modos). Por saber que vão morrer mais cedo de qualquer jeito, os loopers vivem em uma espécie de carpe diem. Até uma droga futurista de pingar nos olhos é mostrada. Joe, o personagem principal, é focado no eu, no presente. É por isso que causa um conflito interessante quando dá de cara com seu eu do futuro (Bruce Willis).

Essa entrou pra uma das minhas cenas preferidas em filmes. É a número 1 porque eu acabei de começar a lista.
O filme, basicamente, é sobre o egoismo, mas desenvolvido com profundidade, viagens no tempo para confundir e ação para te prender. Meu problema inicial com o filme foi que ele não atingiu o coração. Por outro lado, pensando bem, ele grudou com tudo no meu cérebro. Eu saí do filme discutindo com o meu amigo, nós já passamos uma madrugada inteira discutindo nessa semana e eu até fui parar em cabritos (assunto para outro dia).

"Looper" é especialmente interessante por dois motivos: 

1- Viagem no tempo. Quando você coloca mais de uma linha de tempo as coisas começam a enrolar. Principalmente que nesse filme se alterar o passado altera o futuro. Segunda a lógica e escapando dos mindfuck, há algumas falhas. Só que o diretor e roteirista Rian Johnson foi esperto o suficiente para que essas falhas não sejam exatamente falhas. Veja por você mesmo, ou espere o nosso Falando Abertamente.

2- Viagem no tempo. Não, eu não repeti errado, mas dessa vez com "viagem no tempo" eu quero representar os elementos. Ele cria um filme onde tudo o que aparece tem significado e contribui para história. "Vingador do Futuro" (remake): okay, um cenário legal. Mas em "Looper" o cenário, a época e personagens são colocados para contribuir no significado.

Esse filme pode te deixar meio confuso, mas acho que vale a pena assistir mesmo assim. De duas uma: ou você consegue acompanhar e está tudo bem, ou você não consegue acompanhar então vale a pena pra exercitar o cérebro. Se eu indico? Com certeza já estou perturbando meus amigos e marquei para assistir outra vez.


Quando o filme começou, eu pensei: quem é esse cara parecido com o Joseph Gordon-Levitt? Daqui a pouco o verdadeiro vai aparecer para já começar com uma pegadinha. "HÁ, esse sou eu, aquele ali foi pra te enganar." E nem era tão parecido assim que eu percebi a diferença de cara. Só que o filme continuou e eu tive que aceitar que aquele cara era o Joseph Gordon-Levitt. Parece que era pra ser uma maquiagem pra deixar ele mais parecido com o Bruce Willis (e terminou como uma maquiagem pra deixar ele diferente dele mesmo). Pelo menos funcionou para se livrar da cara de bebê dele e as lentes ajudaram na conexão. Olha essa imagem!

Fico imaginando que esse foi um daqueles momentos que ficaram com sem jeito de dizer que foi uma má ideia. "Ei, você poderia desfazer todo o seu trabalho?"


Sobre a nota: Vou dar 4,5 porque é um ranking geral e pra todo mundo. Pessoalmente, ele começou com um 4 e acho que já alcançou um 5. Abrindo a visão, no IMDB o filme hoje está com 8.2, o que é MUITO considerando que não existe nem um filme com 10 lá. Mas o filme é recente e pouca gente votou (só umas 26.000, enquanto "O Cavaleiro das Trevas Ressurge" tem 392.633).

Classificação:
(4/5 conversinhas)

TAGS: , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

  1. Hey!

    Eu tinha visto ali no GetGlue que você tinha visto o filme e que ainda não conseguia definir sua opinião. Fiquei um pouco intrigado... lçhçlfh.
    Bom, "Looper" não faz muito meu tipo de filme, eu nem sabia que ele existia até ver aqui no blog AUHAUHA (gente, eu sou muito desatualizado...). Mas, pelo que você disse, o enredo parece bem interessante. Adoro viagem no tempo e faz bastante tempo que não vejo um filme do gênero (eu fui ver "O Vingador do Futuro" e tinham tirado de cartaz um dia antes. Pensa num ser azarado... ou melhor, azarado e burro, já que nem conferiu antes se ainda estava em exibição...).
    Enfim. O filme parece ótimo, e como a nota foi bastante alta vou assistir assim que der (: Só uma pergunta, ele é em 3D? Se for (e se valer a pena) vou fazer um esforço pra ver no cinema! Faz um tempinho que não vou... (T-T)

    Bom, parabéns pela resenha (: Ficou ótima, mesmo.

    Ah! Comentário fora do assunto: ando ouvindo muito o "Halcyon", e o CD é ótimo mesmo. Também estou completamente viciado em "Ready Or Not", da Bridgit Mendler, e preciso do disco dela agora mesmo sdlkjsfgjs. Obrigado pelas indicações (:

    Até mais o/ abraços!

    ResponderExcluir
  2. Cara, acho que agora entendo porque tanto estardalhaço por causa desse filme! Parece ser bacana mesmo! :) Sempre via notícia, mas dava preguiça de ler sobre o que era, sabe? XD~

    Vou ver se faço um esforço e vejo no cinema. :D E essa maquiagem, heim? Deixou ele diferente MESMO! Puxa...

    adorei a resenha!

    bjs bjs!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *