alemanha Axl Rose

Para quem gosta de música: Tokio Hotel

29.10.12Igraínne


"Alguém que gosta muito de música tentando dizer por que esse artista chamou atenção. O nome para quem gosta de música não é à toa, essa coluna aleatória é dedicada a todos aqueles que adoram descobrir um novo artista. Aqui eles estão, aproveite e até indique algum." 

Hoje: Tokio Hotel
Origem: Alemanha
Similares: The Pretty Reckless, Nirvana, Three Days Grace, Three Doors Down, Papa Roach, The Runaways, Sum 41, Evanescence.

Quando eu li o post da Dana sobre The Pretty Reckless, não parei de me perguntar por que ainda não tínhamos tido um Para Quem Gosta de Música do Tokio Hotel. Principalmente porque essa banda é uma das minhas favoritas quando se trata de rock - na verdade, é uma das minhas bandas favoritas no geral, e eu não acho isso pouca coisa. Tokio Hotel é rock sim, não dá pra negar, mas acho que é um estilo que ultrapassa isso.

Eu conheci Tokio Hotel em 2009. E assim como muita gente, eu não consegui identificar de imediato se o vocalista era uma mulher ou um homem. E olha que hoje em dia eu sou fã da banda. Aquele estilinho meio andrógeno do Bill (vocalista) me causava um pouco de estranhamento. Por algum motivo do além, quem me apresentou a banda foi uma amiga minha da época. Ela vivia me dizendo que eu devia dar uma chance e parar de vez com o preconceito.
*Dana se intrometendo: Eu também tive o problema de não saber se era mulher ou homem. Parece até brinks, mas não foi com o vocalista, foi com o irmão dele. HUAHA E nas fotos daquela época ainda acho ele com mais cara de menina do que o Bill. Lembro até hoje de pensar "Que que essa menina tá fazendo aí? Deve ser namorada do vocalista". 

Pois bem, eu dei uma chance. E me apaixonei *o*. Acho que estava naquela fase da adolescência em que as pessoas precisam se viciar em alguma coisa, quem já passou por isso sabe do que estou falando. No meu caso foi o Tokio Hotel. Meu amor por eles cresceu em apenas um mês, mas grande parte disso foi culpa das músicas. Porque eu achava todas legais - e geralmente eu sou chata com música, tipo muito chata. Então, acho que vocês deviam dar uma chance também.

É claro que uma banda não é composta única e exclusivamente através da imagem do cantor, por isso fui procurar mais sobre os outros integrantes (são 4 no total) depois de ouvir os álbuns. Aliás, de longe, os outros três pareciam meramente mais "normais" que o Bill. Descobri que ele e o Tom (guitarrista), por curiosidade, são irmãos gêmeos idênticos - embora não pareça... E o Georg (baixista) tem uma semelhança perturbadora com o Axl Rose, do Guns N' Roses - apesar de eles não serem parentes. O Gustav (bateirista), o quarto membro, é o único que parece não ter origens curiosas.

        
Georg há poucos anos e Axl mais ou menos em 1980...
Irmãos Kaulitz
Enfim, não foi pra falar das raízes duvidosas dos integrantes que eu vim aqui hoje! Eu vim pra falar de música. Pra começar, apesar do nome, Tokio Hotel é uma banda alemã, a Dana já falou disso no post do Pretty Reckless. Eles têm álbuns em alemão e em inglês e nos shows costumam misturar as versões das músicas. No Brasil, as versões alemãs dos discos costumam ser difíceis de achar, acho que só importando. De um modo geral, eu gosto das músicas em inglês, me acostumei com elas assim. E acho que até prefiro.

No início, Tokio Hotel era uma banda de rock mais singular, reta, tradicional. Com o passar do tempo e o lançamento de outros álbuns, deu pra perceber uma evolução na qualidade e no próprio estilo de música, que foi ganhando um pouco de eletrônico no meio. É quase como se as canções mudassem de batida como o Bill muda de visual -n. Ao todo, são 4 álbuns, embora as músicas se repitam em versões em alemão e inglês em lançamentos diferentes. O primeiro single, "Monsoon", pode ser ouvido no primeiro disco (alemão), mas também está no terceiro (em inglês). Humanoid (2009), o último álbum inédito lançado, foi feito em duas versões diferentes ao mesmo tempo, provavelmente para evitar esse tipo de confusão. Zimmer 483 (ou Room 483), lançado em 2007, também teve duas versões por esse mesmo motivo.

As músicas que me conquistaram estão espalhadas, e não sei bem se tem um disco que é o melhor, embora as minhas favoritas estejam concentradas em Room 483. Destaque para a própria "Monsoon",  "Ready Set Go", "Love is Dead" e "1000 Ocenas". Se você quiser conhecer alguma em alemão, sugiro  "Ich Bin Nicht Ich" e "Rette Mich" que são mais antigas e até a voz é diferente. Tem também a "In die Nacht", que foi uma música escrita do Bill para o Tom e tem uma batida mais lentinha. Em termos de eletrônica, a "Darkside of the Sun", "Noise" e "Dogs Unleashed" também merecem ser ouvidas, e são bem mais recentes e fáceis de escutar sem preconceitos.

Ah! Só pra dar um destaque maior em umas músicas que eu acho interessante todo mundo ouvir: "Pain of Love", que é uma que você precisa ouvir nas duas versões, só porque ela foge bastante dos padrões de música de hoje em dia. Além dessa, tem a "Strange", que na verdade foi uma parceira do Tokio com a Kerli, uma cantora estoniana até um pouco conhecida. Essa música foi trilha sonora de "Alice no País das Maravilhas" do Tim Burton, láaaa em 2010.

"Don't Jump": No Brasil, a maioria do pessoal que conheceu Tokio Hotel tem como referência "Don't Jump", e é a minha canção favorita, disparado. Porém, muita gente julga a banda como emo por conta dessa mesma música, e não é bem assim. Aliás, acho que Tokio é muito mais rock de atitude do que qualquer outra coisa, mas vou parar de falar pra deixar você ouvir e tirar suas próprias conclusões. 
          
O que ouvir para começar? Acho legal dar uma chance pra "Ready Set Go", "Forever Now" e "Monsoon". Muita gente fala de "Automatic" também, e "World Behind my Wall", que são as mais americanizadas. A "Dark side of the Sun" é bem padrão rock animado, e "Attention" também é boa. Como Tokio Hotel muda um pouco a cada ano, fica difícil indicar um único estilo padrão "mais aceitável".

TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

5 comentários

  1. Nossa! aconteceu EXATAMENTE as mesmas coisas comigo! E, até hoje eu considero minha banda favorita!É muito adorável! Que bom que alguém fez um post tão legal sobre TH! :)

    ResponderExcluir
  2. Oi Igra!

    Conheço Tokio Hotel faz um tempinho já, desde quando passava o clipe de "Automatic" sem parar na Mtv. Eu adorava, AUHAUHA.

    Eu acho que só não sou muito fã da banda porque eles não são muito o meu estilo, sabe? Eu ouço muito pouca (pouca mesmo!) música mais "pesada", tipo rock ou pop dançante mesmo. Descobri isso quando um amigo meu que só ouve musica nacional pegou meu celular pra ouvir e disse: "nossa, só tem música lenta aqui". O que mais tem nele é Taylor Swift e Lana Del Rey, então... prefiro ouvir essas coisas mais suaves no dia-a-dia.

    Mas enfim, eu sou uma pessoa de momentos. Às vezes, quando sinto que preciso de uma dose mais rock, vou lá e ouço bastante desse estilo naquele dia. E acho que Tokio Hotel se encaixa nessa lista (: Eu adoro colocar na minha playlist rock "Darkside Of The Sun", por exemplo (essa música é ótima!).

    Estou ouvindo as músicas que você indicou enquanto escrevo esse comentário, então não vou falar muito delas. Mas as que ouvi até agora são muito boas! Ouvindo "Monsoon" agora, QUE MÚSICA É ESSA? Adorei. Vai entrar na playlist do celular *o* Não conhecia esse lado da banda o: Adoro esses fundos melancólicos.

    Enfim, parabéns pelo post! Eu adoro os posts do PQGDM, sempre dá pra pegar dicas legais (:
    Abraços! E obrigado pela ótima indicação ;D

    ResponderExcluir
  3. Ah, Tokio Hotel... Que nostalgia bateu agora! Eu nem escuto mais, mas há uns 4 anos atras quando eu conheci a banda eu virei fanática total, fui para o show deles aqui em 2010, foi tipo muuuito bom. Foi meu primeiro show internacional e um dos mais divertidos!

    Eu prefiro as versões em alemão, sempre! Acho alemão tão bonito. Rette Mich, In Die Nacht, Nach dir kommt nichts e Vergessene Kinder eram minhas preferidas em alemão. E monsoon é boa, mas eu acho a versão em alemão melhor: Durch den Monsun. Foi com ela que eu viciei na banda e eu lembro de baixar o clipe e colocar no celular e ficar o dia todo na escola vendo de novo e de novo e de novo... kkkkk minhas amigas não aguentavam mais! o Bill era bem novo, e a voz dele estava taaaaao fofinha.

    Sobre o comentário acima, nessa época que automatic passava o tempo todo na mtv era por votação, eu lembro que eu ficava votando neles direto, eu era viciada assim.

    ah, só uma mais uma coisa, uma coisa que me irritava muito. O preconceito! Já ouvi cada absurdo!

    Enfim, me empolguei e escrevi um texto enorme aqui, mas é que realmente me deu saudade. Onde eles estão a proposito? não soube de nenhum cd novo nem nada e vai fazer 2 anos que eu parei de acompanhar a banda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Deborah!

      Você não sabe o quanto me identifiquei com o seu comentário! UHSUHAUHUSHA, eu era exatamente assim. É claro que a febre depois de um tempo passou, e eu não procurei muitas notícias deles depois de 2010. Para fazer o post, acabei me viciando (de novo), mas de um jeito mais saudável e leve, acho. Deve ser a idade. auhsuhauhsas. E você foi no show! *----* Eles fizeram só em SP, infelizmente moro no Rio e não pude ir.

      De qualquer forma, você tem razão sobre o preconceito!! Até hoje eu escuto. Acho que isso meio que diminuiu um pouco de um tempo para cá, porque as últimas da banda são fofocas a respeito do novo visual do Bill (mais um visual, porque né). Ele agora está com o cabelo curto, barbado, loiro e fez algumas tatuagens polêmicas pelo corpo. Isso fora o fato de que anda se vestindo de maneira bem masculina. Chegou a convencer o irmão a fazer uma tatuagem também (sendo que o Tom falou que jamais faria uma na vida).

      Quanto ao CD, o que eu consegui descobrir foi que eles estão SIM trabalhando em algo novo, mas que ainda vai demorar um pouco para sair. O Bill disse que "vai ser épico". Esperemos.

      Beijão!

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM