alternativo bunda

[Resenha] Para Sempre, filme

17.6.12Dana Martins

por Dana Martins


- Filme: "Para Sempre"
- The Vow (2012)
- Direção: Michael Sucsy
- Atores: Rachel McAdams, Channing Tatum, Jessica Lange, Sam Neill, Scott Speedman...
- Romance/Drama - 14 anos - 104 min. - Trailer
- Nos cinemas brasileiros desde 7 de junho de 2012







Mini-crítica: 
"Para Sempre" é mais um romance, mas não apenas mais um romance. Baseado em um caso verdadeiro, fala sobre Paige e Leo que tiveram sua história de amor interrompida tragicamente depois de um acidente em que ela perdeu a memória dos últimos 5 anos. Sem reconhecer o marido, ela precisa entender o que aconteceu nos últimos anos e por que havia se afastado da família. Ah, e por que teria se casado. Do outro lado, Leo busca um jeito de tentar reconquistá-la e lidar com a situação. O filme traz o romance de uma perspectiva de filmes mais alternativos, constada pela trilha sonora com tendência indie, e inova um pouco. É uma boa resposta para aqueles casos em que a pessoa chega em um locadora e pergunta "O que tem de bom de romance por aí?". Independente do livro, a história com certeza funcionou no filme. Ainda mais se você lembrar que tem a Rachel McAdams e o Channing Tatum como o casal principal.

Quer saber mais? Clique abaixo para conferir a resenha completa.

Eu fiquei sabendo desse filme há bastante tempo, antes mesmo de saber que tinha um livro, e já quis ver de cara. O motivo é simples: Rachel McAdams. Ela é uma das atrizes que eu sigo tanto quanto posso (até agora não me decepcionei). É claro que o Chaning Tatum também faz chamar atenção, mas não sei se correria para o cinema só por causa dele.

Mesmo querendo ver, eu não esperava muito do filme. Achei que ia ser aquele simples romance água com açúcar que todo mundo já conhece e assiste mesmo assim. No entanto, me surpreendi ao encontrar um filme que vai um pouco além e traz o romance/drama de um ângulo alternativo (e, aliás, não é só romance). Lembra um pouco ao clima de "Uma Noite de Amor e Música", mas mais adulto.
Paige e Leo se conhecem, se apaixonam, se casam... e sofrem um acidente. Ela perde a memória dos últimos 5 anos e não sabe nem quem ele é. Para piorar, durante esse tempo ela havia mudado radicalmente a própria vida (se mudou para a cidade, não falou mais com os pais, trocou a faculdade de direito por artes...). É como se ela acordasse como a Paige de 5 anos atrás e não fizesse ideia de por que ela teria feito tal mudança. No caminho para colocar a vida no lugar, ela precisa lidar com os pais que estão felizes em apagar os últimos anos e com Leo que decide reconquistá-la. 
Por essa sinopse, faz parecer que a história é centrada na Paige e é já por isso que o filme começa a se destacar. O filme é como se fosse o ponto de vista dele, há até uma narração e uma tendência para torcermos por ele. Ao mesmo tempo, a parte de evolução e descobertas acontece com ela, o que cria um romance mais equilibrado.

Outra diferença interessante é que é um romance que não é muito focado na descoberta do romance, "Para Sempre" é mais sobre a validação do amor entre um casal. Nós vemos, é claro, como eles se conheceram e vários dos momentos bonitinhos que eles compartilhavam (aliás, eles aparecem em vários momentos do filme, no maior estilo "owwwn"), mas não é apenas isso.


Por exemplo, assisti do mesmo estilo "Querido John", também com o Channing Tatum, e é um filme até legalzinho, mas muito simples e comum. Ao mesmo tempo não é igual ao "Diário de uma Paixão" com a Rachel McAdams, que acho que é referência quando se fala em filmes e história de amor.
*Aliás, os dois atores são conhecidos por filmes do estilo, sempre que sentir vontade de ver um romance é uma boa dar uma olhada na filmografia deles. 

Os romances empacotados normalmente tem dois extremos: ou a comédia ou o drama. Você vai rir com as confusões do casal, tipo "A Verdade Nua e Crua", ou morrer de chorar tipo "A Casa do Lago" (ou qualquer um do Nicholas Sparks, só não quis repetir). Já em "Para Sempre" você vai conseguir rir e chorar, mas não exageradamente. Existem vários momentos que vão te fazer sorrir e até rir, o suficiente para divertir. Ao mesmo tempo, vai ter aquele momento que vai fazer os mais sensíveis derramarem algumas lágrimas, nada depressivo.

O filme foi baseado em um livro que teve base em uma história real. Eu não li o livro e não sei até que ponto foi fiel e nem se o livro foi fiel ao que aconteceu de verdade, porque as coisas parecem bem encaixadas demais no filme para ter acontecido igual na realidade (ou no livro). De qualquer forma, ainda ficou realmente bom e traz aquele ar "o mundo real não é tão ruim..".

Comentários aleatório: Gente, não sei se é o meu novo vício em Homem-Aranha, mas o Scott Peedman nesse filme me lembrava toda hora ao Andrew Garfield (nesse filme, em alguns momentos. antes que vocês achem que eu enlouqueci). E a trilha sonora, hein? Não é A trilha sonora, mas com algumas músicas legais que valem a pena. Me surpreendi agora com a censura de 14 anos, deve ser só por causa da bunda do Channing Tatum.

Livro vs. Filme
Eu não li o livro, então realmente não posso fazer Livro vs. Filme de verdade, mas como eu sei que teve gente que leu e não gostou, achei que valia a pena comentar. Não sei se o livro é bom, mas a história no filme funcionou bem e serve para quem está procurando um romance. Eu não li o livro e sinceramente não tenho vontade de ler, não é exatamente o meu tipo de história (para ler). Acho que como filme já está muito bom, gostei de ter visto.


Sobre a nota: Um 4 acho que é uma boa nota. Ele não deve nada ao estilo, dificilmente alguém vai sair do cinema reclamando e chega até a acrescentar alguns novos elementos. Não posso dar 5 conversinhas simplesmente porque não dá para dizer que é O romance do século, como alguns outros. Só para lembrar: quando eu dou essa nota eu não estou comparando com um tipo "Branca de Neve e o Caçador", que recebeu a mesma aqui, mas que é de outro estilo.

Classificação:
(4/5 conversinhas)

TAGS: , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Gostei da crítica. Estou querendo ir muito ver o filme e tbem ler o livro. Já tenho o livro, mas como ainda estou lendo O Senhor dos Anéis - que é imenso! - vou demorar um pouquinho pra ler.

    Abraços, Joshua

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *