ajoelhe-se diante de zod behind the scenes

[Entrevista] Tom Hiddleston fala sobre Loki, Os Vingadores, vilões e seus fãs

6.5.12Conversa Cult


Se você não está reconhecendo, o Tom Hiddleston é quem faz o Loki em "Os Vingadores" e em "Thor" (no futuro, em "Thor 2" também). Os vilões nem sempre são tão populares, mas vamos dar os créditos: é por causa do Loki que o Homem de Ferro, o Hulk, o Capitão América e o Thor se juntam. 

Esses dias com o lançamento do filme eu encontrei essa entrevista muito boa com o Tom Hiddleston e decidi traduzir para quem vem aqui no blog poder ver também. Vale a pena para quem gosta de saber do "behind the scenes", de super-heróis e, é claro, do Tom Hiddleston. 
O vilão de "Os Vingadores", Loki, é cruel e louco, mas o ator que o interpreta não poderia ser mais encantador e humilde. Tom Hiddleston fala sobre os vilões que o inspiram, de como seria se o Woody Allen tivesse dirigido "Os Vingadores" e sobre o número crescente de fãs (extremamente devotados!) que tem surgido. Aliás, sabia que há sites dedicados só à voz dele e à risada
Eu tenho vergonha de dizer isso, mas você está sabendo que há um tumblr chamado "F-ck Yeah, Tom Hiddleston"
[Sorri] Estou.

E que também há um tumblr "F-ck Yeah, Tom Hiddleston's Voice"?
Esse eu não conhecia. Isso é incrível. Ontem me falaram que existe um Twitter para a minha risada. É muito difícil se acostumar a coisas assim. É incrível.

Mas é linsonjeador.
Sim, muito. É meio que surreal. Porque essas coisas são totalmente espontâneas e inatas. 

Isso te deixa autoconsciente?
Não. Não pode. Senão, eu teria que desistir e partir dessa para melhor.

O Loki tem um momento magnífico estilo "ajoelhe-se diante de Zod" no filme. Você estava pensando no General Zod [de "Super-Homem II"] durante essa cena?
Claro, com certeza. Eu cresci assistindo esse filme. Os filmes do Super-Homem do Christopher Reever fizeram parte da minha infância. Mas eu acho que todos os vilões da História têm sido assim. Eles têm uma vaidade enorme que alimenta um ego cheio de uma incrível falta de autoestima. Você olha para os maiores vilões da História da humanidade, os fascistas, os ditadores, todos eles queriam que as pessoas se ajoalhassem diante deles porque eles não se amavam o bastante. É hilário. Na noite que nós filmamos isso, no set em "Stuttgart", que na verdade é o centro de Cheveland, eu fiz aquele discurso às 4 da manhã, sozinho com um grupo de extras de Cheveland que eu tinha conhecido naquele dia. E foi muito difícil. Eu me senti muito autoconsciente na primeira vez, porque eu pensei, "E se toda essa gente pensar que eu sou realmente assim?" E você tem que ir em frente, "Bem, Loki acredita que é superior a eles, então eu tenho que ser assim". Mas eles eram bem divertidos. Eles estavam realmente comprometidos. É uma parte divertida. É um papel muito legal de se fazer. 


Parece que você e o Loki estavam se divertindo muito nessa cena.
Eu espero que tenha sido melhor para mim do que para ele. Eu espero que eu goste mais de mim do que ele. 

Loki definitivamente tem estilo, com os chifres e a capa.
Sim, a capa. Ele é como um rockstar gótico louco e bizarro.

Você também vai estar em "Thor 2". Essa é uma participação muito longa para um vilão.
Eu gosto de pensar nele mais como um anti-herói do que como um vilão. Ele é muito mais complicado do que normalmente um cara do mal é. 

Verdade. Há aqueles momentos que você pensa que ele vai ceder e se juntar ao Thor...
...E então isso não acontece. É muito excitante, porque eu amo trabalhar com o Chris [Hemsworth]. É muito bom quando você dá certo com alguém e vocês têm uma boa química. Nós confiamos um no outro, então quando você está no set, é só você se apoiar nisso para acertar mais rápido.

Você tem cena sozinho com todos os Vingadores. Qual você gostou mais? 
Dizer é difícil. É como jogar tênis, você joga de uma maneira diferente com pessoas diferentes. Cada ator é diferente e a química entre os atores é diferente. Eu gostei muito de algumas cenas que eu não imaginava que seriam tão legais. Eu realmente amei as cenas que eu estou na cela com a Scarlett [Johansson]. A cena é brilhante, porque eles são meio que parecidos, a Viúva Negra e o Loki. Ambos são estrategistas, ambos são difíceis de entender, eles são dissimulados e furtivos e eles se reconhecem. É como uma espécie de jogo de xadrez. Ambos estão tentando conseguir um segredo e eles tentam se manipular diretamente. E [meio que um spoiler!] Joss escreveu uma reviravolta linda, que é o Loki conseguir fazer a Viúva Negra confessar sobre algo que ela se importa e fazer isso mexer com ela, mas então ela se aproveita disso para descobrir algo dele. Scarlett é brilhante. Foi realmente muito bom fazer essa cena.


Antes você tinha tentado conseguir o papel de Thor. Mas agora, olhando para trás, se você pudesse interpretar qualquer outro Vingador, qual seria o mais legal?
[Rindo] Gosh, essa é uma boa pergunta...

Você poderia se ver como o Capitão América, por exemplo? 
Isso seria fora do comum! De um modo estranho, eu meio que amaria ver isso. Os Vingadores com o Robert Downey Jr. interpretando o Loki, o Clark Gregg interpretando o Thor e eu o Capitão América. Jeremy [Renner] poderia ser a Viúva Negra.

O seu personagem em "Cavelo de Guerra" é meio parecido com o Steve Rogers: Muito nobre, muito patriótico. 
Sim. Ele é muito decente, o melhor tipo de homem. Sim. Você tem toda razão. Ele é um Capitão. Um soldado. E eu interpretei F. Scott Fitzgerald [no filme "Meia Noite em Paris" do Woody Allen], ele era americano.

Falando no Woody Allen, meus editores queriam que eu perguntasse: como seria uma luta entre o Loki e Thor se ele dirigisse "Os Vingadores"?
[Rindo] Nós faríamos um take e ele diria, [utilizando um sotaque americano meio agudo e calmo] "Tudo bem, vamos fazer mais um. Talvez um pouco mais rápido."

Ele mudaria o diálogo?
Não. Mas ele diria, [mudando a voz para seu tímido sotaque do Woody], "Tudo bem, faça mais alguma coisa. Talvez deixe isso divertido."

Qual o seu momento preferido no filme?
Wow, há tantos. É difícil porque há partes de ação e cenas de atuação e elas são diferentes. Eu adoro no terceiro ato quando todos eles se juntam e lutam contra os caras do mal. Eu meio que sou um sentimental das antigas e percebi que estava torcendo por eles. Eu acho que eu mereço isso. E eu me divirto com o que acontece entre o Hulk e o Loki no final. É realmente engraçado. [se você já viu o filme] 

As pessoas riam tanto, elas mal conseguiram prestar atenção no diálogo.
Isso foi realmente engraçado no roteiro e eu estou feliz que isso tenha sido transmitido para o filme. 

Quem você consideraria o maior vilão dos filmes?
Há dois que eu acho que ficam entre os melhores. Anthony Hopkins como o Hannibal Lecter é muito especial. Ele é tão contido. Isso é o que define o trabalho do Tony, seu incrível poder de sugestão com apenas o menor dos menores detalhes. E você tem a performance incrivelmente eletrificante e excitante do Heath Ledger no "O Cavaleiro das Trevas", que eu achei muito, muito inspiradora. Como um jovem ator, você assiste aquele filme e a performance dele é como um chamado. Realmente abre as portas para a atuação, não apenas em filmes de superheróis, mas em todos os filmes. Foi tão corajoso, arriscado e anárquico. 

Então o que teria acontecido se você colocasse o Coringa contra o Loki?
Bem, não vai terminar bem para seja lá qual for a cidade em que eles lutarem. Construções vão pegar fogo. O Coringa é um homem e Loki é um deus, então eu teria que dizer que o Loki venceria.

A entrevista termina aqui, mas se você achou exagero um tumblr só para a voz dele (ou o twitter da risada), apenas aperte play e escute o vídeo abaixo. Não precisa nem assistir ou tentar entender o que ele está falando.


A entrevista foi feita originalmente para o Moviefone e você pode ver em inglês aqui, essa é apenas uma tradução para que quem não entende possa aproveitar também.

TAGS: , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. Estou há DIAS tentando ver esse maldito filme e está SEMPRE esgotado. O pior de tudo é ver que metade das pessoas que foram assistir estão por aí falando mal do filme... enquanto eu só queria vê-lo pra apreciar meu Tom em cena! Adorei o post, mas confesso que ele me deixou dez vezes mais curiosa e ansiosa sobre o filme!

    ResponderExcluir
  2. O filme é ótimo e também é muito engraçado. Se eu pudesse veria umas 100 vezes. A atuação de todos foi incrível.

    ResponderExcluir
  3. Sera que Loki voltará a atras de sua rebeldia, e lutará a favor dos vingadores??

    ResponderExcluir
  4. O FILME É MUITO LEGAL! Amei a atuação de todos, amei o vilão Loki, ele tem certa educação na voz que atrai muito, sem contar com a sede que ele tem de ser venerado. Não tenho que falar mal do filme que arrasou nos efeitos especiais. Gostei muito.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *