CCdiário CCDicas

Clube de Escrita: Histórias Yaoi poderiam ter mais conteúdo, não só Lemon

25.3.18João Paulo Albuquerque


Longe de mim ditar como histórias tem que ser (até porque isso não dá e cada um é singular), só que vamos ser honestos, né não? As histórias que mais são escritas quando falamos de Yaoi são recheadas de lemon, às vezes sequer tem o desenvolvimento que supostamente o autor tinha se proposto a fazer, só sexo, sexo, sexo, sendo que na realidade, não costuma ser assim a relação entre dois garotos.


Não estou falando de livros eróticos (porque até eles tem desenvolvimento), mas de livros que não são eróticos, YA, Fantasia, Mundo Alternativo, etc. Muitas das originais que acompanhei, uma delas indicadas no Originais do Mês (por sinal, não saiu nenhuma de fevereiro porque eu não li nenhuma que tenha sido sem lemon compulsivo e original) passado, parecem que de um momento param de se tratar sobre o personagem e a situação e começam a focar no sexo, focar só nisso, sem nada mais como foco de desenvolvimento como pessoas LGBTQ dos personagens.

Não estou falando que o sexo não é importante, porque em alguns casos é. Nem estou falando que quem é LGBTQ não pense em sexo, alguns não (como alguns héteros também não), mas outros sim. Alguns pensam demais, outros de vez em quando (eu), outros raramente. O ponto é: sexo não é o ponto central da nossa vida.

E muitas vezes essas histórias LGBTQ com enfoque em dois garotos (yaoi) são escritas por garotas que sexualizam dois meninos num relacionamento, fetichizam, então acaba ficando só no sexo, como se qualquer coisa se resolvesse com uma transa, algumas sim (sendo realista), mas não TUDO EM QUALQUER LUGAR, MEU DEUS!

O problema maior é quando LGBTQ está fazendo isso, porque parece que se naturalizou. Está lá tudo normal, do nada tudo vira sexo, a relação dos personagens se resolve e se resume em sexo, quem os personagens são se resume em foda. E isso não é só uma banalização como também um puta furo na escrita.

O que quero dizer é: histórias Yaoi poderiam ter mais conteúdo, não só Lemon. E deveríamos dar valor para essas que tem conteúdo e menos Lemon, são elas que dão algo para nós, que nos representam e no fim do dia, repassam a nossa verdade. Não que essas só de Lemon não sejam divertidas, mas tem que ter mais valorização nas originais de conteúdo e desenvolvimento.

E quais minha dicas com base no que vim aprendendo? Deixem-me separar em tópicos:

- Se tu não é LGBTQ (e mesmo se for), pergunte para LGBTQs como são as relações, como são as vidas deles. E respeite cada vivência e perceba que ser gay não dá na mesma que bissexual, ou pan, ou assexual, ou trans binário ou não-binário...

- Pesquise sobre sexualidades ou gêneros. Eu indico os textos de tag LGBT daqui ou tumblrs americanos (onde se tem mais informação), nem que tu tenha que traduzir pelo google ou outro mais confiável.

- Procure mais sobre desenvolvimento de personagem, aqui temos as tags de Escrita ou do Clube de Escrita.

- Procure sobre desenvolvimento e escrita erótica.

- Procure mais histórias com conteúdo e divulguem elas (pra dar uma ajuda pros autores e também pro pessoal conhecer outras histórias maravilhosas).

Eu, por exemplo, como autor de várias histórias LGBTQs, não só me dá raiva ver como as pessoas valorizam essas cheias de Lemon que não são eróticas e sem desenvolvimento do que minhas histórias e de outros autores que estão tentando repassar a verdade do que é ser LGBTQ e dispostos a aprender com os erros. E como leitor, me incomoda ver os outros realmente ignorando a importância da representatividade ou somente nem ajudando numa divulgação num grupo, mas reclamando quando não divulgam as deles. E pior, como militante e LGBTQ, me incomoda tudo isso junto e elevado à centésima potência.

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Oi, Jota!

    Fiquei com uma dúvida que acho que pode ser a de outras pessoas também: o que é Lemon? Eu só pensei em limão hahahahah

    Pelo contexto, acho que dá pra sacar que são cenas de sexo ou algo assim, mas fiquei curioso com a origem do nome e tal. Certeza que quem está acostumado a ler Yaoi deve saber, mas sou leigo >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felipe!

      Então, o que eu sei é que Lemon é relação sexual entre garotos e o termo vem do Japão (assim como Yaoi), então sempre que aparece Lemon, tem que estar +16 ou +18 (é mais comum achar classificação com +18). Mas eu não sei porque "Lemon", nem achei na internet, mas se por acaso achar, envio por aqui depois. :)

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM