Carol Cardozo CCCultura

Para Quem Gosta de Cinema: Kevin Smith

23.10.16Carol Cardozo



Acho que eu não costumo falar muito disso, mas eu AMO cinema e AMO o Festival do Rio, acompanho por mais de 10 anos (embora a primeira vez que eu consegui assistir a um filme nele foi no ano passado, por questões de distância, dinheiro, etc etc). Em 2016 eu li todas as sinopses dos filmes, fiz uma lista de 15 baseados no meu gosto, nos prêmios em que ganharam, e que fosse poder entrar no meu horário livre (porque né, trabalho 6 dias por semana). Sim, fiz isso pacientemente. Eu disse que amava cinema e o Festival do Rio. Então eu consegui assistir...um filme só HAHAHAHAHHAHAHAHAHAH

Mas esse único filme foi incrível, maravilhoso, estupendo (além de totalmente trash, mas eu falo sobre isso daqui a pouco). E me deu a ideia pra essa nova coluna no CC, a Para Quem Gosta de Cinema, onde a gente pode te indicar diretores, filmes, atores, enfim, falar sobre o que toca nossos coraçõezinhos e que nós achamos que você deve colocar na lista de filmes a assistir no Filmow. Começo abrindo os trabalhos com ele, o cara por trás de um dos filmes que sempre esteve no meu top 5 (e Deus sabe que meu top 5 de filmes muda o tempo todo)::::::: KEVIN SMITH.

Oie.

Pausa. Flashback. Volta um pouco mais de 15 anos atrás. A pequena Carol, com 6 ou 7 anos, já sendo moldada pra vida de cinéfila pelo pai que alugava filmes todo final de semana. Num desses fins de semana, meu pai chega com um filme chamado Dogma, que aliás, não era muito recomendado pra crianças de 6 ou 7 anos, but who cares. Ok, eu assisti o filme, e fiquei desse jeito:

MINHA PEQUENA CABECINHA EXPLODIU NAQUELE MOMENTO

Pra você ter uma ideia, eu só fui assistir Dogma pela segunda vez já no final da minha adolescência, porque esse filme NUNCA PASSAVA EM LUGAR NENHUM. Quando eu vi o comercial na Band, eu quase infartei. Mesmo tendo visto o filme uma única vez em 10 anos, eu nunca me esqueci dele. Olha a sinopse dele:

O mundo corre o risco de desaparecer. Tudo por causa de Bartleby (Ben Affleck) e Loki (Matt Damon), dois anjos expulsos do céu e que querem retornar a qualquer custo. Para tanto, eles têm um plano: cruzar o portal de uma igreja em New Jersey para, absolvidos de seus pecados, poderem retornar ao paraíso. Só que tal ato provaria que Deus é falível e, como consequência, a realidade se desmancharia. Para evitar que a tragédia ocorra, é montada uma equipe de combate aos anjos, formada pela última descendente de Jesus Cristo (Linda Fiorentino), um 13º apóstolo negro (Chris Rock), dois profetas (Jason Mewes e Kevin Smith) e uma Musa Inspiradora (Salma Hayek).

Uma das minhas frases preferidas do filme.

A propósito, esses são Jay (Jason Mewes) e Silent Bob (Kevin Smith).

FALA SÉRIO!! OLHA ISSO!! NA MORAL, É ÓBVIO QUE ALGUÉM NÃO ESQUECERIA DESSE FILME POR 10 ANOS!! E caso você não saiba, a imagem do Jesus Maneiro (ou Buddy Christ, no filme) vem desse filme. Não sabe do que eu tô falando? Sabe sim. 

Duvido você não ter visto essa foto em algum lugar na sua vida.
Dogma faz parte do View Askewniverse, que é um universo cinematográfico formado por 6 filmes (10 anos antes do MCU, chupa Marvel): O Balconista (1994), Barrados no Shopping (1995), Procura-se Amy (1997), o já citado Dogma (1999), O Império do Besteirol Contra-Ataca (2001) e O Balconista 2 (2006). Todos eles se passam em New Jersey e em todos aparecem Jay e Silent Bob . O View Askewniverse tem esse nome por causa da produtora View Askew, criada pelo Kevin Smith e Scott Mosier.

Ele também é diretor de filmes como Pagando Bem, Que Mal Tem? e Tiras em Apuros, entre outros,  e em 2014 ele começou uma trilogia chamada True North, de filmes que se passam no Canadá. O primeiro deles, A Presa, envolve podcasts e morsas (de um jeito bem bizarro). O segundo (e que é o filme que eu cito lá em cima) é Yoga Hosers, que são duas amigas (Harley Quinn Smith e Lily-Rose Depp, filhas do Kevin Smith e Johnny Depp, respectivamente, e que são amigas de infância na vida real também)  balconistas* que enfrentam ~um mal~com posições de yoga (também tem nazismo. E salsichas. Assista pra entender). O terceiro filme se chamará Moose Jaws, e está em pré produção.
*Se você assistir O Balconista antes desse filme, vai sacar algumas referências


Kevin também tem podcasts, uma loja de quadrinhos, já foi roteirista de quadrinhos, fez curtas, especiais pra tv,  canais no youtube, e há quase 10 anos ele tem o próprio painel na San Diego Comic Con, onde ele fala sobre quadrinhos e cultura pop em geral. O cara é meio um deus no meio, e o maneiro é que ele surta e fangirleia que nem nós, meros mortais.

E sim, o nome da filha dele é Harley Quinn por causa da Harley Quinn dos quadrinhos.

Se você curte cultura pop e besteirol com cérebro (expressão que eu li nesse texto do Judão e que não poderia explicar melhor o que são os filmes do Kevin Smith), dá uma chance pro cara, você não vai se arrepender.

Clássicos pra começar: O Balconista, Barrados no Shopping, Dogma.

Mais recentes: Holidays, A Presa e Yoga Hosers.

TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *