Adriana Araujo carta

Da Adriana de 23 para a Adriana de 13

20.5.16Adriana Araujo



Bom dia, boa tarde, boa noite! Hoje é sexta, portanto dia de CCSexta! Dando sequência aos posts anteriores, hoje é minha vez de escrever uma cartinha para o meu ~~eu~~ de 13 anos.  

"Olá, Adriana. Pra começar, eu fiquei super na dúvida em escrever essa cartinha porque, você sabe, você não gosta muito de se expor, e eu ainda sou assim. Mas aconteceu tanta coisa e você mudou tanto que resolvi te contar. Vai que a esperança de que dias melhores virão te anima um pouco?

Você tá fazendo faculdade de Jornalismo!!! Sei que aos treze isso nem passava pela sua cabeça, e você só vai conseguir se decidir no ano do vestibular mesmo. Vai ser difícil pra caramba escolher, porque apesar de já gostar de ler e escrever, e isso são características básicas de todo jornalista, muita gente vai te dizer que não vale a pena, que pra ser jornalista nem precisa de diploma, que você não vai arrumar emprego, mas é isso que você quer de verdade, isso que vai te fazer feliz. Vão ter algumas pedras no caminho, mas você vai sobreviver.

Antes você vai acabar fazendo Letras, porque você vai ter medo de não entrar pra Jornalismo, que é muito concorrido. Mas a experiência vai te ajudar a crescer muito e estar no curso ~~errado~~ vai te dar a certeza de que você quer mesmo outra coisa. Você vai conhecer pessoas lindas, e vai valer muito a pena se formar um pouquinho mais tarde por causa disso. Lógico que você estudava Literatura, o que mais poderia ser? <3

Sabe esse pessoal da escola que são seus amigos? Não vai durar, você nem fala mais com nenhum deles. Não teve briga, só que cada um seguiu seu rumo. As únicas amigas que ainda estarão na sua vida daqui 10 anos são a Pérolla (que nem é tão sua amiga aos 13, mas aos 23 vai ser) e a Silmara. Seus outros amigos hoje são pessoas que você ainda nem conhece. E eles são poucos, mas são incríveis.

<3 <3<3

Mas nem tudo são flores, você sabe do que eu to falando. Sua adolescência, de um modo geral, vai ser bem ruim. Não tô exagerando, não lembro se você já era exagerada e dramática como sou agora, serão anos meio solitários e vazios. Você não tem lembranças muito boas desses anos, mas depois vai melhorar e isso é o que importa. Você ainda tem problemas sérios com sua autoestima, mas sua aparência melhorou consideravelmente qq. Você tá loira agora e usando batom vermelho! haha


Faz cara de rycah

Você vai descobrir tanta coisa nova! Nessa época aí você amava RBD. Ainda lembro da frustração de não ir ao show da sua banda favorita e, acredite, isso ainda vai se repetir muito na sua vida, porque shows são absurdamente caros e você nunca tem grana pra ir neles. Mas lembra das boates que você tinha maior curiosidade? Agora você vai nelas! Não é seu programa favorito, mas é legal ir de vez em quando. Você gosta de de ver séries e filmes, ainda é louca por praia, e sua mãe é uma chata por não te deixar ir com o pessoal do colégio, mas agora você vai até sozinha mesmo. Aliás, você faz um monte de coisa sozinha, vai à praia, ao cinema, à exposições. Você entendeu que não precisa deixar de fazer as coisas por falta de companhia. Um dos seus planos é fazer uma viagem bem maneira sozinha. Sei que nessa época você nem sonhava em fazer viagens, mas hoje em dia você ama isso e já fez algumas bem legais. Nada muito grande porque dinheiro não dá em árvore, né? qq. Você quer conhecer muitos lugares e Nova York é o seu sonho de consumo. E sabe de uma coisa? Eu tenho certeza que você vai conseguir, não agora, mas você vai chegar lá. Talvez na carta da Adriana de 33 para a de 23 ela nos conte que já tenha conseguido.

Olha você toda rycah em Curitiba
Eu só queria que você soubesse que vai dar certo, que com o tempo tudo vai se ajeitando. Eu sei que a ansiedade é um problema, mas não tem jeito, tem que ter paciência mesmo. Algumas coisas que você queria ainda não aconteceram e, às vezes, isso tira seu sono, mas tento pensar que se aconteceu tudo isso que contei, o resto também vai rolar. No momento certo, eu acho. Acho que você não tem grandes arrependimentos de nada, mas se eu pudesse mudar uma coisinha, eu teria começado a aproveitar as oportunidades mais cedo, e também a criá-las eu mesma. É o que você tenta fazer hoje, talvez esteja até meio tarde, mas sempre dá tempo de ser quem você quer não é mesmo? Eu espero que sim.

Um abraço bem apertado"

*Vocês devem ter notado a ausência de fotos da Adriana de 13 anos, mas eu realmente detesto minha aparência da adolescência, então não rola esse autobullying de divulgar essas fotos. Sorry, people. 




TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Maaaaaaaaaaaano, eu amei tanto essa ideia.
    Vi pela primeira vez em um post anterior aqui do blog e acabei fazendo também.
    É tão gostoso relembrar nossa vida e o quanto crescemos, e vencemos!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *