Elilyan Andrade Matisyahu

Para quem gosta de música: Matisyahu

11.5.15Elilyan Andrade

"Alguém que gosta muito de música tentando dizer por que esse artista chamou atenção. O nome para quem gosta de música não é à toa, essa coluna aleatória é dedicada a todos aqueles que adoram descobrir um novo artista. Aqui eles estão, aproveite e até indique algum." 

Hoje: Matisyahu
Origem: EUA
Similares: Ben Harper, Ziggy Marley, Rebelution, O Rappa, Snoop Dogg... 

Hoje vou indicar um cantor que conheço a muito tempo, mas aparentemente ninguém conhece. Toda vez que o uso como exemplo do estilo de reggae do qual gosto, todo mundo fica confuso porque não faz ideia de quem seja. Depois de tantos “quem?”, decidi que chegou a hora de um “Para quem gosta de música: Matisyahu”. 

Matisyahu é um cantor de reggae e rap judeu ortodoxo que, através de sua música, expressa os ensinos do judaísmo da linha Chabad Lubavitch. Apesar de sua fé estar bastante presente em suas músicas, faça o favor de não confundir Matisyahu com cantores de música religiosa. Matthew Paul Miller (nome verdadeiro de Matisyahu) não é um André Valadão ou Jeremy Camp da música judaica, muito longe disso. Miller está muito mais para Bob Marley, U2 (no início de carreira) e O Rappa, cantores e bandas que utilizam sua música como instrumento para questionar o status quo. As canções possuem um forte impacto sociopolítico que anda em falta no cenário pop atual. 

Além das letras impactantes, a música de Matisyahu também possui como forte característica a mistura sonora única do reggae clássico com hip hop, rap, ska e melodias hassídicas. A complexidade musical é a primeira coisa que chama atenção do ouvinte. Lembro quando me deparei pela primeira vez com "King Without a Crown" e “Jerusalem” e demorei para perceber que estava ouvindo reggae, gênero musical do qual não sou uma grande fã graças a outros elementos envolvidos. O reggae de Matisyahu me lembra bastante a musicalidade de Rihanna e No Doubt



Apesar da fé ser um elemento de destaque na maioria de suas canções, o próprio cantor deixou claro que não quer ser estereotipado, tanto que, em 2011, postou uma foto sua no Instagram sem o visual característico dos judeus ortodoxos.

"Acabou essa coisa do judeu superestrela do reggae. Desculpe, amigos, tudo o que vocês têm agora sou eu... sem pseudônimos"

Para começar a conhecer Matisyahu, ouça "Youth". A canção tem uma letra super impactante e questionadora. Ela foi criada através das experiências do próprio cantor, que, quando adolescente, era um revoltado com o sistema: “Quando adolescentes revoltam-se é porque há algo errado. Não com eles, mas com o meio ambiente a sua volta. Nem sempre eles conseguem descobrir o que é, e como resolver o problema. A música é sobre a transição de um adolescente raivoso a um homem ou mulher adultos, quando de fato se pode mudar a si mesmo e ao sistema a nossa volta”, diz ele.


- elilyan andrade

TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *