CCLivros clube de escrita

Clube de Escrita: Ideias precisam crescer

28.4.13Conversa Cult


Eu estou escrevendo isso depois de escrever um outro texto que parecia uma ótima ideia para se discutir, mas conforme eu fui escrevendo a coisa morreu. Mas... morreu por que eu não sei escrever? Por que eu não tenho inspiração? Por que eu não sou determinada? Não. A resposta é bem mais simples: a ideia não cresceu.

Eu estou falando tudo isso aqui no Clube de Escrita porque escrever (e qualquer tipo de criação) é assim. Você tem uma ideia e ela precisa crescer: você percorre um caminho de reunir informações até conhecer ela o bastante para poder falar/representar. Parte desse caminho, é aquela primeira etapa citada no último Clube de Escrita onde você escreve TUDO o que passar pela sua cabeça, até conhecer o bastante a sua ideia para pode reorganizar e escrever direito. 

Aliás, é por isso que às vezes quando você estiver escrevendo vai topar com algo maluco demais para os outros lerem ou pensar "ah, nada a ver colocar a descrição desse personagem aqui." Provavelmente não tem nada a ver mesmo, mas é crucial para fazer a sua ideia crescer e você chegar mais perto de entender o que quer dizer.

Vou contar uma história para melhorar o exemplo. 


Imagine estar no deserto e ver a forma escura de um coqueiro bem longe. Você sabe que é um coqueiro, mas só consegue enxergar a silhueta deformada. Então você decide pintar. Não a versão deformada, você quer pintar o coqueiro. Mas tudo o que você consegue é uma mancha, algo não tão próximo da realidade. O que você faz? Pega o seu quadro e entra na longa caminhada até o coqueiro. Quanto mais perto você chega, mais compreensão você tem do que está vendo. Consegue ver os mil tons mais escuros e mais claros no tronco, a casca fina que parece algum tipo de lã e a forma como ele inteiro balança com o vento. Você repara no verde brilhando água das folhas. Você descobre os calombos de deformação do tronco. E se você ficar um tempo ali, vai descobrir como ele cresce, como as folhas caem, como os cocos são e ter noção do desenvolvimento da árvore. Vai reparar até como a semente se transformou em outro verdinho crescendo ali do lado. Se decidir ir mais longe e estudar todo o funcionamento, vai descobrir muito mais.

E eu propositalmente decidi não revisar nem conferir as informações desse último parágrafo, só para mostrar que se eu ainda fosse mais longe, ou estivesse realmente vendo um coqueiro, poderia retrata-lo com mais detalhes e de formas mais reais. Talvez eu até descobrisse que não é um coqueiro quando chegasse lá...

Você tem que fazer todo esse caminho até o seu coqueiro (aquilo sobre o qual você vai falar) até conseguir falar de modo satisfatório. Um outro exemplo, com imagem:

No nosso parceiro Mais Versátil esses dias eu encontrei um post sobre o designer gráfico Luciano Alpes onde mostra imagens do desenvolvimento do design para o Recife de Bolso. Uns rabisquinhos que poderiam ser feitos até em guardanapo no restaurante, mas que foram cruciais para ele tirar do vazio da mente, fixar no papel e poder entender o que ele estava imaginando para o projeto - e daí desenvolver o verdadeiro. (processo parecido com a penseira, mas não destinado apenas a memória. Estaria JK Rowling já nos falando dessa ideia?)

No último Clube de Escrita eu falei dessa divisão entre escrita/edição, que você precisa fazer isso separado se não dá besteira. Imagina se o Luciano parasse ali no papel pensando "ai, que sol feio."

Hoje eu decidi mostrar uma pouco desse lado da "geração" de ideias. Você escreve, escreve e escreve, quanto mais você escrever mais você vai conhecer o seu mundo, vai ver no papel sobre o que você está falando e AÍ você vai poder criar a história final sobre isso.

Curiosamente, eu ainda não tinha escrito nenhum post do tema, mas a ideia sobre "crescimento das ideias" já vinha se formulando há muito tempo na minha mente. No último post, nas minhas conversas, nas minhas anotações e até reparando o trabalho do Luciano Alpes. A ideia já vinha crescendo. 

ps: Disciplina e foco são o diferencial para acelerar esse processo de reunir informação para crescer a ideia. E lembra que você escreve sobre o mundo, então quando não consegue encontrar dentro de si o importante para continuar colocando no papel as ideias, tem que catar em outros lugares. Caso contrário, vai ficar por aí, esperando, talvez, a ideia se formar...

-dana martins

TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Preciso deixar minha(s) ideia(s) crescer(em)... Para de ficar colocando defeito no sol, rs.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post, bem produtivo e a escrita e flui inesperadamente bem.


    -- Eduardo

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *