Ana Luíza Albacete CCFilmes

[Resenha] Um Divã Para Dois

8.9.12Ana Luíza Albacete

por Ana Luíza Albacete
- "Um Divã Para Dois"
- Hope Springs (2012)

- Direção: David Frankel
- Roteiro: Vanessa Taylor
- Atores: Meryl Streep, Tommy Lee Jones, Steve Carell.
- Comédia/ Drama/ Romance - 12 anos - 100 min. - Trailer
- Nos cinemas brasileiros desde 17 de agosto de 2012










 

Mini-Crítica:
“Um Divã Para Dois" conta a história de Kay (Meryl Streep) e Arnald Soames (Tommy Lee Jones) que estão casados há 30 anos. Com o tempo o casamento caiu na rotina.  Por causa da falta de contato com o marido, Kay agenda uma viagem para uma outra cidade, onde eles iriam se consultar com Dr. Feld (Steve Carell), que ajuda/aconselha casais de relacionamento desgastado a voltarem a se apaixonar. Pode parecer uma história chata, que nada vai acontecer ou que é para velhos... Não, não é! É uma comédia muito divertida e com atores maravilhosos.

Quer saber mais? Clique abaixo para conferir a resenha completa.

Esse é o tipo de filme que qualquer adolescente que olhar para o cartaz vai dizer: “Eca, filme cult com a Meryl Streep. Eu que não pago para assistir esse filme”. Bom, se você é um desses adolescentes, eu acho que você deveria ir para o cinema, assistir esse filme e depois falar isso. Mas só se você não gostar muito do filme. 
Meryl Streep está tão bem quanto em qualquer outro filme que ela tenha feito. Incrível como ela consegue mudar de personagem tão facilmente, quem viu “A Dama de Ferro” sabe que era um filme sério, onde Meryl teve que dar tudo de si para criar Margaret Thatcher. Para fazer Key, por outro lado, Streep não teve pudor e nem vergonha. Com Tommy Lee Jones aconetce a mesma coisa (se bem que eu estava esperando o Will Smith aparecer a qualquer momento), você não vê um pingo do "Agente K" ou de "M.I.B" nesse filme. E a química entre os dois funcionou muito no filme.

Uma pausa para Steve Carell que, apesar de ser o terapeuta, poderia ter sido melhor aproveitado no filme, MAS a participação dele foi completamente válida. Quando temos Meryl Streep, Tommy Lee Jones e Steve Carell no mesmo set vemos uma aula de interpretação de graça.

A direção é fantástica. O diretor usou e abusou de alguns recursos de iluminação e soube aproveitar muito bem os atores e o roteiro que tinha em suas mãos.

Já o roteiro em si, eu acho que é bom. Mas poderia ser mais eficiente aprofundando em alguns detalhes e sem dúvida ter aproveitado mais o Dr. Feld.

Acho que qualquer casal deveria assistir esse filme, porque querendo ou não, um dia eles podem ficar casados por 30 anos e isso tudo pode acontecer. Então, antes que aconteça, vocês já sabem o que fazer e não precisam mais pagar terapeutas (brinks).

Sobre a Nota: Minha nota é 4. Só não leva 5 por ter pecado na base que é o filme, no roteiro.

Classificação: 
 (4/5 conversinhas)


Até o/

TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

6 comentários

  1. Oi Ana (:

    Eu não tinha ouvido falar bem sobre esse filme não. Tenho uma amiga de 14 anos que foi ver e odiou, até saiu da sala antes do filme acabar. E a mãe dela fez o mesmo.
    Confesso que "Um Divã Para Dois" passa longe do meu gênero favorito... mas vou dar uma chance pro filme - depois que ele sair do cinema. Talvez a Meryl não esteja melhor do que em "O Diabo Veste Prada" (que eu gosto tanto que já vi mais de dez vezes), mas vale a pena conferir.

    Assim que eu assistir o filme digo o que achei (:
    Bom... parabéns pela resenha o/ Abraços ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, não é o tipo de filme para se assistir com os pais. HAHAHA.
      Mas vale a pena, eu ri bastante e me diverti horrores!
      E sim, é possível Meryl Streep estar tão bem quanto em "O Diabo Veste Prada" (até porque eu também adoro esse filme <3).

      Assiste e volta aqui pra me contar!
      Obrigada, João! :D
      Beijos

      Excluir
  2. Gostei do filme. Mas não acho que adolescentes poderiam apreciar muito, até porque o interessante é a identificação com as situações. A sessão a que assisti tinha muitos casais, inclusive gente mais velha. Só a Meryl Streep já vale o ingresso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que adolescentes podem sim apreciar. Eu vi alguns falando bem, acho que as situações são engraçadas e algumas pessoas podem sair falando: "Puts, e se fosse comigo?". Entende?

      Os casais se identificam mais porque, né? Depois de tanto tempo de casado isso acontece...
      E concordo plenamente, só por ter Meryl Streep no filme já fale o dinheiro. HAHAHAHA

      E OBRIGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAADA Fernando, por ter aparecido aqui. SEU LINDO <3

      Excluir
  3. Resenha ruim de um filme ruim, não sei pra que perco meu tempo. BRINKS. AHUHAAA Eu nem sabia do filme, quando vi você falando pense que você aquele negócio de Divã brasileiro. Parece um filme legal e eu gosto que ele esteja aqui no CC, pra abrir o "catálogo" do blog. Não é do tipo que eu vou ver agora, mas se surgir a oportunidade eu não vou recusar e se der vontade já sei onde encontrar. (:

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito da Meryl, e um dos filmes dela que mais amo é "O Diabo Veste Prada"! Não dava nada pelo filme acima, na verdade, tinha ouvido falar mas nem li a sinopse, sua resenha me mostrou um lado diferente do filme, e quando vi que não tinha apenas a Meryl - de nome de peso - no filme, acho que eu preciso assistir é AGORA! Resenha maravilhosa, com poucas palavras você conseguiu me convencer a assistir esse filme :D

    Abraços, Joshua
    pensamentosdojoshua.blogspot.com

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *