2012 cavalo de guerra

Rumo ao Oscar 2012: "Histórias Cruzadas" e "Cavalo de Guerra"

10.2.12Dana Martins

por Dana Martins

Dando continuidade às sextas temáticas com os indicados ao Oscar de Melhor Filme, venho falar de outros dois filmes: "Histórias Cruzadas" ("The Help") e "Cavalo de Guerra" ("War Horse"). Se você quiser saber sobre os "Os Descendentes" ou "A Árvore da Vida", passe no post da semana passada. Se quiser saber dos outros, espere pelas próximas sextas. :)

Extra: nós também começamos o "Rumo ao Oscar" no tumblr, com uma foto por dia até lá, acompanhe aqui


>>>Histórias Cruzadas
- Título original: The Help
- Direção: Tate Taylor
- Roteiro: Tate Taylor, Kathryn Stockett (autora do livro "A Resposta", do qual o filme foi baseado)
- Atores: Emma Stone, Viola Davis, Octavia Spencer, Bryce Dallas Howard, Jessica Chastain...
Trailer

Para quem está sem tempo: "Histórias Cruzadas" é um filme que pode te fazer rir bastante, chorar e ficar indignado, passando a mensagem sem pesar muito como nos dramas sociais comuns. Basicamente, é sobre a criação de um livro para denunciar a situação das empregadas domésticas negras, que eram tratadas até como animais - ou pior - e não podiam fazer nada. É um filme, literalmente, formado por histórias cruzadas que ajudam a compor uma trama bem balanceado e representado por ótimas atrizes. Provavelmente quem não está interessado nos problemas dos desfavorecidos e quer só se divertir com algo sem compromisso, pode não gostar tanto, mas talvez até esses se agradem.

Sinopse: Eugenia Skeeter Phelan terminou a faculdade e está ansiosa para tornar-se escritora. Após um emprego como colunista do jornal local, ela tem uma ideia brilhante, mas perigosa: escrever um livro em que empregadas domésticas negras relatam o seu relacionamento com patroas brancas do Mississipi na década de 60. Mesmo com receio de prováveis retaliações, ela consegue a ajuda de Aibeleen, a empregada doméstica que criou 17 crianças brancas, e Minny, que, por não levar desaforo para casa, já esteve por diversas vezes desempregada após bater boca com suas patroas.

Eu não li o livro e não posso saber de quem é o mérito, mas quando você assiste "Histórias Cruzadas" ("The Help") fica claro por que ele foi indicado ao Oscar de Melhor Filme (e ainda de Melhor Atriz e duas vezes para Melhor Atriz Coadjuvante). Ele consegue desenvolver um drama social, como o pessoal do Oscar costuma gostar, mas ao mesmo tempo acaba sendo gostoso assistir. Ele passa a mensagem sem precisar ficar martelando aquilo de "vamos fazer um mundo melhor".

No geral, o filme é mais focado na criação do livro: de onde surgiu a ideia, como foi para botar em prática, como foi a prática e o resultado. Porém, explicando até o nome do filme em português, "Histórias Cruzadas", há várias pequenas histórias se desenvolvendo. Skeeter (Emma Stone) representa o lado adolescente do filme e a identificação com quem assiste, Aibileen (Viola Davis) é responsável pelo drama e Minny (Octavia Spencer) pela comédia. Enquanto Hilly (Bryce Dallas Howard) e Celia (Jessica Chastain) são quase que a mesma personagem, uma representando o "mal" e a outra o "bem". Eu tenho a impressão de que esse filme só não ganhou mais indicações de melhor atriz coadjuvante para não dominar a categoria. O filme é quase um cenário estático onde essas mulheres vão de um lado para o outro criando todas as camadas de sensações da história.

Ele fica totalmente com 5 conversinhas e eu ainda pretendo criar uma resenha falando mais (por exemplo, como a escolha da Emma Stone como Skeeter ajuda a dar um ar mais jovem e descompromissado ao filme). Para o Oscar, agora você já sabe que é um filme bem pensado, com uma história bem intrincada, e com atrizes que fazem a história só pela atuação.

>>> "História Cruzadas" é baseado no livro "A Resposta", que é ficção. Apesar de ter grande base na realidade (parece que a história é um pouco autobiográfica), não é uma história que realmente aconteceu.

>>> O diretor e roteirista, Tate Taylor, já esteve atuando em outro filme indicado ao Oscar... advinha com quem? Jennifer Lawrence.

>>> O filme está concorrendo em 4 categorias, veja todas indicações aqui

---------

>>>Cavalo de Guerra
- Título original: War Horse
- Direção: Steven Spielberg
- Roteiro: Lee Hall, Richard Curtis e Michael Morpurgo  (autor do livro)
- Atores: Jeremy Irvine, Peter Mullan, Emily Watson, Niels Arestrup, David Thewlis, Tom Hiddleston...
- Trailer

Antes de assistir eu não sabia muito sobre o filme. Eu até pensei "tudo o que eu sei é que é a história de um garoto com um cavalo". Logo que o filme começou, deu a impressão de que seria um "Marley & Eu" versão cavalo. Mas conforme o filme continuou eu vi que não era bem assim. Para começar, o protagonista é o próprio cavalo. É a história do animal que nós vemos, como ele se transformou no "cavalo milagroso". O filme é dividido em vários momentos, com o qual ele se conecta com pessoas diferentes, tocando a vida delas e sendo ajudado a seguir em frente. Quando assisti "Os Descedentes", achei um filme tranquilo com um pouco de tristeza. "Histórias Cruzadas", é essa mistura de graça, tristeza e indignação. Já "Cavalo de Guerra" é a emoção, aquela emoção que vem da mistura entre a aventura e a conquista.

Esse é aquele filme de superação (no caso, um cavalo superando), daqueles que a família inteira assiste e a sua tia diz no final "que filme lindo!". Não é tão difícil imaginar por que foi indicado ao Oscar, há nele o que parece que eles sempre gostam. a) Assim como "Histórias Cruzadas", traz o tom de superação e conquista. b) Há uma carga emocional, normalmente presente nos filmes do Oscar. c) A forma como o filme é levado,  considerando que é a história de um cavalo (e esse cavalo não fala nem conta com os amiguinhos para enfrentar o senhor cavalo do mal).

"Cavalo de Guerra" é um filme até bem simples, para não dizer um pouco clichê, e consegue ser envolvente (nunca imaginaria que o filme tem 2:25 de duração - minha avó assistiu tudo de madrugada e não dormiu!). Busquei algumas críticas sobre o filme e, por mais que a nota varie, todos parecem entrar em um consenso. O maior problema de "Cavalo de Guerra" é o diretor: Steven Spielberg. Isso porque muitos vão assistir o filme esperando algo genial e comparando o tempo inteiro com outros filmes dele, o que acaba pesando na crítica. Esse é um filme família, aspirante a épico, para assistir sem compromisso e se emocionar.

Eu daria 5/5 conversinhas, porque dentro da proposta não falta nada. O que pode acontecer é alguém não ir com a cara de um elemento (como o Paulo não gostar de Hawai e isso ter influenciado no julgamento dele sobre "Os Descendentes") ou estejam esperando algo que o filme não é. No máximo, dá para acusar de ser um pouco artificial. 

>>> O filme faz inúmeras referências a outros, como "E o Vente Levou" 

>>> E o Lupin, quer dizer, o David Thewlis está no filme! Quem diria... Lupin e Sirius no Oscar (o Gary Oldman foi indicado a Melhor Ator por "O Espião que Sabia Demais")! Agora, o Snape que todo mundo queria... 

>>> Outro que pode ser visto é o Tom Hiddleston, mais conhecido como Loki (Thor e Os Vingadores). 

>>> Mais um filme indicado ao Oscar e baseado em um livro ("Cavalo de Guerra").

>>> "Cavalo de Guerra" é um dos com mais indicações (6 ao todo). Melhor Filme, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som. Veja a lista completa.

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

6 comentários

  1. Bom, do "Histórias Cruzadas" eu gostei muito, como vc pôde ler lá no blog. "Cavalo de Guerra" ainda não vi, mas sabe como é... Spielberg. Mesmo quando é ruim, ainda é bom. Vou conferir em breve.
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Não assisti a nenhum dos dois, mas confesso que quando vi o poster do cavalo de guerra no cinema pensei a mesma coisa que você: um filme marley e eu versão cavalo...kkkkkk
    depois dessas resenhas ótimas, me resta roer as unhas e esperar o filme lançar em DVD (porque eu nãpo tenho tempo de ir no cine)
    bjo

    ResponderExcluir
  3. Tenho que baixar esse "Cavalo de guerra" para assistir com a minha mãe *--* Ela vai adorar :) Quero ver esse "Histórias cruzadas", gostei da sinopse, parece ser bom ^^

    Que bom que gostou do post, obrigada por indicar no EOB *----*

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. To doida pra ver "Histórias Cruzadas" e pra ler o livro dele, que é "A Resposta".
    Ai, to super ansiosa pro Oscar. *o*

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  5. Fiquei muito interessada em Histórias Cruzadas, ainda mais por ser do Spielberg, claro! Gostaria muito de ter lido o romance já... infelizmente só ouvi falar dele por causa do filme mesmo.

    E a forma como você descreveu a história me lembra muito o clássico inglês Black Beauty, que por sinal estou começando a ler agora. O cavalo como protagonista, a carga emocional, a superação. ;]

    ResponderExcluir
  6. Obs.: Onde está Histórias Cruzadas no comentário acima leia Cavalo de Guerra, sorry! xD

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM