Equipe

Aquelas pessoinhas que fazem a conversa acontecer 
(e que são maravilhosas. Segundo elas mesmas):

Dana Martins
      

Dana tem 24 anos, gosta de coisas demais para caber em um resumo, por isso criou o ConversaCult. Está perdida em algum lugar dentro do buraco negro chamado vida, e enquanto nada faz sentido, escreve. +Dana no Top 5.



João Pedro Gomes
       

João tem 19 anos e mora no interior de São Paulo - interior de verdade, daqueles com um monte de vacas na vizinhança. Vive uma relação de amor e ódio com a faculdade de Letras, que tirou todo o tempo livre que antes possuía (ou talvez ele ainda exista e seja gasto com futilidades internetescas). Não passa um dia sem ler sobre quadrinhos ou ouvir um podcast antes de dormir, mas muda de hobbies frequentemente. Dramas de uma pessoa indecisa. +João no Top 5.


Elilyan Andrade

Elilyan tem 28 anos e é geminiana, por isso tem a desculpa perfeita para falar sozinha. Publicitária, no momento está em busca de sua segunda graduação, em Marketing pela UMESP. Lê qualquer coisa, exceto livros que tenha como protagonistas índios (culpa de Iracema). Ama séries, dança, filmes (principalmente os bobinhos e de dança) e música. Curte moda e em dias de premiações costuma atacar de Ronaldo Ésper no Twitter. Fala demais. Pensa demais. Se estressa demais. No resto é super moderada. +Elilyan no Top 5.


Isabelle Fernandes
        

Mais conhecida como Bells. 23 anos, formada em Psicologia, futura neurocientista e provável escritora. Virginiana (e consequentemente a Louca dos Signos), viciada em chocolate e em cheiro de livro novo, mãe de três gatos e o terror dos amigos na hora das marcações de fotos no facebook. Pareço fofa, mas na verdade sou um kraken furioso escondido atrás de um poço de timidez.. +Bells no Top 5.


Valentino Martins
      

ValenTINO, 18 anos, questioning, little monster. Gosta de ler, malhar, correr, caminhar, ousadia, nadar e lutar por um mundo melhor e mais gentil. Possui três lemas: "Seja um pouco mais gentil", "Whatever you do in life will be insignificant, BUT it's very important that you do it, because nobody else will" e "Self-education is the only kind of education there is". Está constantemente tentando melhorar a si e os que o rodeiam. Se fosse um super-herói, seria igual ao Oito de "Eu Sou O Número 4", porque gosta da flexibilidade de formas do Oito, que podem acabar sendo referência pra uma vida boa. Em Hogwarts é lufa-lufa. Gosta de zumbis e é, na verdade, um anão na "Middle-earth". É como um girassol. +Tino no Top 5.


Eduardo Ferreira
    

Eduardo tem 21 anos e é estudante de Engenharia Civil. Vive dentro dos pensamentos e às vezes dá as caras no plano terreno. Tem um certo problema em ser o centro das atenções e tá sempre envolvido num momento socialmente constrangedor. Não tem a mínima ideia do que é ser um escritor, mas adora contar suas histórias. É insano por séries, ama filmes e livros e acredita que nada funciona sem um boa trilha sonora, principalmente a vida. Está em constante transformação e sempre que precisa escrever uma bio tem uma mini crise existencial. Gosta de se fazer de desentendido para ver a reação das pessoas e tá sempre observando cada passo seu, tome cuidado. +Eduardo no Top 5.



Taiany Araujo
       

Taiany tem 24 anos, mas não gosta de falar sua idade porque vive se atrapalhando e esquecendo quantos anos realmente tem. Adepta da filosofia de que ler é a melhor maneira de encarar a vida, descobriu nos livros seu porto seguro. É meio complicado encontrá-la na internet, então é melhor mandar um sinal de fumaça que ela aparece. Na dúvida, é só ir até o Buzzfeed que provavelmente ela vai está com umas cinquenta abas abertas sem ter ideia sobre o que devia estar fazendo. Tem uma tendência ao isolamento, e um orgulho que jura tentar combater. Falar é o que a mantém em funcionamento, por isso não é estranho pega-lá falando sozinha. Precisa de música nacional para viver, e tem certeza que se não fosse Legião Urbana, sua vida não faria sentido algum. Sofre horrivelmente de um fenômeno chamado “ruminação de pensamento”, por isso, mesmo quando toma uma decisão continua indecisa. Dizem que ela é um poço de contradição, mas no fim das contas, talvez esse seja seu charme. Ah, e ainda está tentando entender como já viu mais filmes do que acreditava, e por que nunca consegue colocar suas séries em dia. +Taiany no Top 5.




Carol Cardozo
 

Carol diz que é antissocial e tímida, mas secretamente adora os holofotes e ser admirada por algo que ela faz bem. Perdida na vida acadêmica, ainda não descobriu o que vai fazer, só sabe que quer descobrir coisa e ajudar a mudar a ciência. Bissexual, feminista, ama futebol americano, rock alternativo e seu sonho é ter uma banda de punk rock riot grll (ela ainda tem um caminho longo pra trilhar ao aprender a tocar guitarra, mas tudo bem.). Seus combustíveis são a playlist Descobertas da Semana no Spotify, suas séries e hambúrgueres (desde o podrão da esquina até o gourmet do food truck). +Carol no Top 5.



Ariel Carvalho
    

Ariel é uma lua de Urano, um espírito do ar, um sabão em pó, uma pequena sereia, uma música do Dean Friedman, um poema da Sylvia Plath, um episódio de Firefly e uma série de poemas do T. S. Eliot. Mas também é uma carioca de 20 anos, futura bibliotecária que não consegue terminar a meta de leitura, sabe tudo de Monty Python e chora com filmes de ficção científica. +Ariel no Top 5.



Quer fazer parte? Entre em contato com a gente: conversacult@gmail.com

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *